Arquivo da tag: Visconde de Mauá

Ressaca da Folia? Agora que o ano ‘começou’, uma receita leve: Truta assada com Manteiga de Ervas.

A piada é batida, mas no fundo todo mundo pensa nela e vai além: acaba fazendo algo a respeito. Afinal de contas, temos duas épocas em que você acorda, relembra dos excessos e pensa: “agora o ano começou e vou mudar meus hábitos”. A primeira é obviamente o dia 2 de janeiro, depois de comer sem parar no Natal e beber os 300 chopes de fim de ano além da noite da virada. Já a segunda é justamente agora: o pós carnaval. Pode confessar: o que você bebeu nos dias de folia, blocos e duas “piriguetes” geladas por R$ 5 não foi brincadeira.

“Mas isso acabou. Agora é foco total, alimentação melhor e pelo menos um mês aí sem beber cerveja para limpar o organismo”. Já que todos pensamos assim, vamos com uma receita bem leve para ajudar: Filé de truta com manteiga de ervas. Ah? Manteiga?! Mas não era Rehab? Vamos com calma, não é? Se for radical demais você surta de vez!

20140107_122545

 

Você vai precisar de:
1 filé de truta (pode ser feito com outro peixe cortado em filé, mas usei a Truta que trouxe de Mauá)
1 cebola média em rodelas
3 rodelas de limão
50ml de vinho branco
Sal e Pimenta do Reino

Para a manteiga:
2 colheres de sopa de manteiga
Ervas frescas de sua preferência (usei salsa, tomilho e alecrim)

A truta que comprei já veio limpinha e aberta, só com a pele e o rabo. Tempere ela com sal, pimenta e umas gotinhas de limão. Em uma travessa, espalhe as rodelas de cebola e limão para que o peixe não encoste no fundo. Também jogue sal e pimenta, além do vinho branco. A manteiga de ervas você faz misturando as ervas picadas na manteiga amolecida até ficar homogênea.

20140107_114932

20140107_115440

O peixe vai repousar por cima dessa cama. Espalhe a manteiga de ervas e feche a truta de modo que a pele fique por fora e coloque o restante do seu tempero. Aí é forno médio para alto, 210 graus, o tempo suficiente para a pele ficar crocante e o peixe suculento por dentro.

20140107_115928 20140107_120109 20140107_122124

Na onda do Detox, que aliás já inspirou esse belo Gazpacho que você relembra aqui, o peixinho foi servido com uma saladinha fresca de alface e tomate temperada com o próprio molho, que ganhou um toque adocicado da cebola e do limão assados. Leve e perfeito. E Feliz Ano Novo!

20140107_122538

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Anúncios

Gosto com Gosto: linguiças artesanais espetaculares e comida mineira feita com respeito em Visconde de Mauá.

A primeira parte da ida a Mauá eu já contei. A Pousada Infinito serve um dos melhores cafés da manhã que já comi. Mas mesmo com o banquete, que você relembra aqui, chega uma hora em que o estômago volta a roncar. E boas opções no circuito Mauá-Maringá-Maromba não faltam. Uma delas é o Gosto com Gosto. A casa da Chef Mônica Rangel, que recentemente foi jurada do “Cozinheiros em Ação”, serve comida mineira onde impera a simplicidade e o respeito aos bons ingredientes, além de pratos autorais criativos repletos de sabor. E tem mais: é um verdadeiro templo para os amantes da cachaça já que por lá você encontra uma extensa, variada e detalhada carta.

20140104_184335

Além disso, as linguiças servidas por lá são de produção caseira. Ciente disso, é por elas que a gente tem de começar. O Trio de Linguiças Gosto com Gosto (R$ 26) é uma boa oportunidade para provarmos as criações e também outra recomendação da casa, os bolinhos de mandioca com queijo.

Primeiro sobre os embutidos. Chegaram na mesa as versões de porco (muito boa), a de frango (também gostosa, mas não marcante), e a de cordeiro (espetacular). No centro da chapa rodelas de cebola e ao lado um chutney para dar uma quebrada. Minha única observação é em relação ao ponto, acho que poderiam ter vindo menos assadas. Mas o sabor estava muito bom. Os bolinhos também estavam incríveis, de massa leve e recheio quentinho. Acompanharam bem a Mistura Clássica Pilsen, bem levinha, e uma cachacinha da casa.

20140104_174348

De prato principal, pensamos no clássico e recomendado Tutu ou então no Tropeiro. O escondidinho de linguiça, Prato da Boa Lembrança (que decora as paredes da casa como visto acima) da vez também fez os olhos brilharem. Mas resolvemos ousar e fomos na Picanha Suína ao Molho de Frutas Silvestres (R$ 79,50), um dos que fogem do lugar comum. O prato, segundo o cardápio, serve duas pessoas. Mas após a farta entrada e como a fome não era tanta, acabou servindo quatro.

20140104_182352

Na primeira garfada agradeci por termos ousado. A picanha estava no ponto certinho, macia e suculenta. O molho era um capítulo especial. Docinho na medida certa, mas com acidez equilibrada – e fundamental. Vinha acompanhada por batatas coradas, arroz branco, e uma surpreendente farofa de cebolas douradas que mereceu até um close de tão gostosa.

20140104_182512

No fim, doces caseiros ficam expostos para serem degustados. O de abóbora valeu muito. Vale lembrar que você ainda pode levar para casa muitos dos itens do cardápio como as linguiças, chutneys, pimentas, doces e, é claro, cachaças.

20140104_184311

Saí de lá muito feliz. Primeiro porque o ambiente caseiro e a comida reconfortante muito me agradou. Segundo porque concluiu um dia especial ao lado de pessoas bacanas e após conhecer algumas das cachoeiras que fazem de Mauá um destino tão visitado pelos turistas. Parabéns Mônica Rangel pelo trabalho!

Gosto com Gosto
Rua Wenceslau Braz 148 Visconde de Mauá – Resende – RJ
(24) 3387.2004 | (24) 3387.1382

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Pousada Infinito: refúgio em Mauá com um café da manhã simplesmente inesquecível!

A dica de hoje não é um restaurante ou uma receita. Vou fugir um pouco do habitual, mas sem perder a essência do blog. Isso porque no primeiro fim de semana do ano fui para Mauá com Luninha. Opções de locais para ficar não faltam e a pesquisa sempre é longa. Mas o amigo Leleco, aquele do Brownie, deu a dica e descobrimos a Pousada Infinito (confira aqui o site oficial). Localizada no lado mineiro de Maringá, a pousada é administrada pelo casal Peres e Tânia, ao lado do filho Rodrigo e da nora Tatiana.

É daqueles lugares em que tudo é pensado e feito para você descansar sem ter maiores preocupações. A decoração é minimalista, os são chalés amplos e confortáveis. E a família, muito simpática e atenciosa, faz com que você se sinta quase como um convidado da casa deles.

310222_175414982536487_1720931157_n 314372_175415415869777_580827312_n

Mas por que estou falando de uma pousada em um blog de gastronomia? Porque além do que já citei, o café da manhã é simplesmente inacreditável. Esqueça buffet, ovo mexido ressecado, bolos sem graça, suco de caixinha… O cuidado é enorme e um verdadeiro banquete se desenrola ao longo de algumas etapas. Todas, por sinal, explicadas didaticamente pelo seu Peres. E preparadas com muito esmero pela Tânia.

A “festa” começa sempre com dois sucos e frutas. O de laranja é fixo e o outro muda diariamente. Tivemos abacaxi com hortelã no sábado e mamão com caju no domingo. Dentro do mamão, fatias de figo, carambola, ameixa, pêssego, uva e morango. Tudo muito fresco.

20140104_095034 20140104_095041

Em seguida vem a etapa do ovo. E vocês já sabem como eu sou viciado em ovo. E lá é caipira mesmo, com direito a gema laranja e extremamente saborosa. Assim como o suco, esta parte também muda. No sábado ele veio frito no centro de uma fatia de pão de ervas. Um show de sabores. Se a gema estivesse um pouquinho mais mole seria a perfeição. Ah! E ainda veio uma mini quiche de alho poró.

20140104_100328

No domingo, veio mexido com cubos de tomate e ervas recheando um pão folha crocante. Tudo extremamente saboroso e equilibrado. Como complemento, dois pedacinhos de uma inusitada e saborosa linguiça de truta, peixe de rio que você encontra em qualquer esquina de Mauá. Neste dia veio ainda um caldinho de baroa na canequinha.

20140105_095538

Acabou? Longe disso. Pães fresquinhos, incluindo aqui um waffle com massa de pão de queijo, chegam quentinhos para serem comidos com geleia, manteiga de primeiríssima linha e requeijão. Tudo, como seu Peres fez questão de deixar claro, fresquinho e feito na região. Ah, frios fininhos também chegam nessa hora junto com uma jarrinha de chocolate quente.

20140104_101235

Para finalizar, duas etapas simplesmente sensacionais. O iogurte caseiro é tão leve que lembra chantilly na textura. Inacreditável. Cheguei a repetir, principalmente o que veio com calda de acaí – no domingo foi de maracujá. E os bolinhos. O de laranja tava tão molhadinho que a mesa do lado disse que lembrava um petit gateau. Não é para tanto, mas aquele conforto que um bolo bem feito traz pela manhã você encontrava.

20140104_101638

No domingo, de chocolate com uma calda que entranhava pelo interior deixando tão molhadinho quanto. Finalizava de maneira perfeita uma manhã maravilhosa. Esse esqueci de fotografar!

O difícil depois deste banquete era levantar, calçar o tênis, encarar as esburacadas estradas e a caminhada pelo mato em busca das cachoeiras. Mas, além da digestão,  quando o resultado final é este visual tudo compensa. Simplesmente um fim de semana maravilhoso. E de paz. Muita paz!

20140104_131411

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Pousada Infinito
Entrada transversal à Alameda Gastronômica Tia Sofia, Visconde de Mauá RJ – Maringá Minas
(24) 3387-1771/ (21) 9 9559-3108 / (21) 9 9981-8118