Arquivo da tag: saladas

Ressaca da Folia? Agora que o ano ‘começou’, uma receita leve: Truta assada com Manteiga de Ervas.

A piada é batida, mas no fundo todo mundo pensa nela e vai além: acaba fazendo algo a respeito. Afinal de contas, temos duas épocas em que você acorda, relembra dos excessos e pensa: “agora o ano começou e vou mudar meus hábitos”. A primeira é obviamente o dia 2 de janeiro, depois de comer sem parar no Natal e beber os 300 chopes de fim de ano além da noite da virada. Já a segunda é justamente agora: o pós carnaval. Pode confessar: o que você bebeu nos dias de folia, blocos e duas “piriguetes” geladas por R$ 5 não foi brincadeira.

“Mas isso acabou. Agora é foco total, alimentação melhor e pelo menos um mês aí sem beber cerveja para limpar o organismo”. Já que todos pensamos assim, vamos com uma receita bem leve para ajudar: Filé de truta com manteiga de ervas. Ah? Manteiga?! Mas não era Rehab? Vamos com calma, não é? Se for radical demais você surta de vez!

20140107_122545

 

Você vai precisar de:
1 filé de truta (pode ser feito com outro peixe cortado em filé, mas usei a Truta que trouxe de Mauá)
1 cebola média em rodelas
3 rodelas de limão
50ml de vinho branco
Sal e Pimenta do Reino

Para a manteiga:
2 colheres de sopa de manteiga
Ervas frescas de sua preferência (usei salsa, tomilho e alecrim)

A truta que comprei já veio limpinha e aberta, só com a pele e o rabo. Tempere ela com sal, pimenta e umas gotinhas de limão. Em uma travessa, espalhe as rodelas de cebola e limão para que o peixe não encoste no fundo. Também jogue sal e pimenta, além do vinho branco. A manteiga de ervas você faz misturando as ervas picadas na manteiga amolecida até ficar homogênea.

20140107_114932

20140107_115440

O peixe vai repousar por cima dessa cama. Espalhe a manteiga de ervas e feche a truta de modo que a pele fique por fora e coloque o restante do seu tempero. Aí é forno médio para alto, 210 graus, o tempo suficiente para a pele ficar crocante e o peixe suculento por dentro.

20140107_115928 20140107_120109 20140107_122124

Na onda do Detox, que aliás já inspirou esse belo Gazpacho que você relembra aqui, o peixinho foi servido com uma saladinha fresca de alface e tomate temperada com o próprio molho, que ganhou um toque adocicado da cebola e do limão assados. Leve e perfeito. E Feliz Ano Novo!

20140107_122538

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Anúncios

No dia do recomeço, um molho para deixar sua salada mais gostosa: Mostarda com Mel, ou Honey Mustard!

Segunda-feira. O dia oficial do recomeço. Ainda mais quando estamos no início do mês. Depois daquele fim de semana que você meteu o pé na jaca comendo e bebendo sem pensar no amanhã, vem o peso na consciência: preciso pegar leve. Aí você acorda cedo, vai correr e entra naquela vibe de só comer salada e grelhados. Então pensando em vocês esta simples receita vai fazer você ficar com vontade de comer folhas o dia todo. Com esse molho de Mostarda e Mel caseiro e rápido tudo fica mais gostoso.

20130731_123322

Então vamos aos ingredientes. Estas medidas são perfeitas para duas porções: 2 colheres de sopa de suco de limão, 1 colher de sopa de mostarda dijon (se não tiver pode usar qualquer uma, mas a Dijon é muito melhor), 1 colher de sobremesa de mel, sal, pimenta do reino e 90 ml de azeite, o que dá mais ou menos 1/3 de xícara.

20130731_122325

Em uma tigela, coloque a mostarda, o limão, o sal e a pimenta do reino. Misture bem com um garfo e entre com o mel. Dê mais uma misturada até ficar homogêneo.

20130731_122539 20130731_122630

Aí é a hora do azeite. Com uma mão vá colocando bem devagar e de maneira constante. Com a outra vá batendo sem parar com o objetivo de incorporar ao que já estava pronto. E acabou! Você terá um delicioso Honey Mustard para a sua salada.

20130731_122805

A minha era simples: Alface, Tomate, Cebola e lascas de Grana Padano. Neste dia, comi com a carne moída que eu coloquei aqui na semana passada. Mas você pode comer com um frango grelhado, um peixe ou o que mais você quiser. O molho cabe inclusive para os grelhados.

20130731_124228

Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!

Santa Satisfação: boa comida, bons preços e fonte de inspiração para meus sonhos!

Sonho em ter um restaurante. Um dia quem sabe? Vai que ganho na loteria e tiro o sonho do papel? No meu mundo, gostaria de uma casa pequena, com um cardápio fixo enxuto e pratos especiais que mudariam diariamente. Nessa linha, comentei semana passada sobre o Cozinha Cotidiana, que faz comida caseira que muda sempre e a preços acessíveis. Algo também próximo do que sonho é o Santa Satisfação. A casa do Leblon, que conta com filial em Copacabana, funciona exatamente desta maneira, possui bons preços e uma cozinha muito correta.

A casa tem fachada discreta e o quadro negro com as informações do dia tem todo um charme..

A casa tem fachada discreta e o quadro negro com as informações do dia tem todo um charme..

Estive lá duas vezes para este post. No primeiro ao lado da comadre Julia Ferrari. No segundo ao lado da blogueira e amiga Nathalia Tosto, ou Coisas que Amamos (vão lá conhecer, meninas), e da Juca, uma foodie como eu que lançou nesta semana o seu blog: O que tem na Geladeira. As duas visitas foram na filial do Leblon, pequena, de decoração bonita e aconchegante.

Mesas de madeira, vitrines expondo produtos e mais quadro negro.. Decoração agradável no Santa..

Mesas de madeira, vitrines expondo produtos e mais quadro negro.. Decoração agradável no Santa..

Logo na entrada, o quadro negro expõe as opções do dia. Você vai sempre encontrar uma massa e uma salada que podem ser servidas em porção inteira ou apenas metade (perfeito para quem come pouco), sopa, quiches e geralmente um prato de carne ou de peixe que conta sempre com uma bossa. No menu fixo, saladas, massas e sanduíches.

Tenho o costume de começar lá com uma empada, é um vício. A de carne seca neste dia não estava muito especial (R$ 5). O recheio, geralmente bem molhadinho, veio seco. Pelo menos estava saboroso.

Massa boa, mas recheio um pouco seco... Empadinha de carne seca..

Massa boa, mas recheio um pouco seco… Empadinha de carne seca..

Não citei acima para falar aqui. Outra parte do menu fixo são as omeletes. De sabores variados, são muito bem feitas e acompanham salada verde servida em cesta de parmesão (que você aprendeu a fazer aqui). Pedi a de salmão e queijo e estava deliciosa, bem molhadinha e equilibrada (R$ 29,90). A salada vem com um molhinho de mostarda, mel e laranja bem gostosinho.

A omelete de salmão veio no ponto certo... O molhinho que acompanha a salada também estava equilibrado..

A omelete de salmão veio no ponto certo… O molhinho que acompanha a salada também estava equilibrado..

Julia pediu a quiche do dia, na ocasião era alho poró, com a mesma salada. Também saborosa e com boa massa (R$ 24,90).

Quiche tambpem com salada e com o mesmo molho estava saborosa e com massa bem gostosa..

Quiche tambpem com salada e com o mesmo molho estava saborosa e com massa bem gostosa..

Na segunda visita, fui em uma massa do dia com molho cremoso de limão siciliano e cubos de frango que substituíram os camarões da pedida original (sou alérgico). Molho um pouco pesado no creme, mas ainda assim ácido na medida certa (R$ 27,90).

O molho de limão siciliano estava um pouquinho pesado, mas com sabor perfeito de limão..

O molho de limão siciliano estava um pouquinho pesado, mas com sabor perfeito de limão..

Juca foi em uma salada verde com camarões grelhados e figo assado com brie (R$ 27,90). Se o crustáceo veio abundante, o brie mal foi notado recheando a única unidade do figo assado. Mas a combinação geral estava boa – provei sem o camarão!

Salada equilibrada.. Amêndoa conferiu textura.. Mas vir apenas uma unidade do figo acabou quebrando...

Salada equilibrada.. Amêndoa conferiu textura.. Mas vir apenas uma unidade do figo acabou quebrando…

Nathalia escolheu a carne do dia: mignon com legumes cozidos e risoto de cogumelos frescos (R$ 43,90). O prato é muito bem servido, a carne estava macia e no ponto certo assim como os cogumelos do risoto. O molho de vinho tinto conferia bom sabor ao prato também. O único porém: faltou tempero em geral, principalmente ao risoto que pedia sal.

Mignon com vinho, legumes e risoto de cogumelos.. O único pecado foi a falta de sal nos componentes..

Mignon com vinho, legumes e risoto de cogumelos.. O único pecado foi a falta de sal nos componentes..

Como disse, sou um fã do local. Percalços acontecem nas melhores casas, mas no geral o saldo é sempre positivo para quem deseja uma refeição rápida, bem feita e com bons preços. O Santa Satisfação é definitivamente uma fonte de inspiração para meus delírios.

Mais informações, como vocês já sabem, sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos! Ah! Lembrando que agora o Gastronomia por Esporte também está no Facebook! Cliquem e curtam a página! Por lá vocês vão conferir todas as novidades do blog! http://www.facebook.com/gastroesporte

Santa Satisfação
Leblon
– Avenida Ataulfo de Paiva, 1335-A – Tel: 2529-2063
Horário: Segunda a quinta, das 11h à meia-noite; sexta e sábado, das 11h à 1h; domingo, das 10h às 23h

Copacabana
– Rua Santa Clara, 36-C – Tel: 2255-9349
Horário: Segunda a sábado, das 8h30m às 23h

Tomates assados: fácil, rápido, delicioso e com a grife da chef Roberta Sudbrack

Outro dia no facebook da já querida Cris Corsso, que tive o prazer de conhecer pessoalmente na aula da chef Roberta Sudbrack (lembre aqui), vi uma foto de tomatinhos assados que me prendeu. Curioso, pedi a receita e ela disse que aprendeu justamente com a Roberta. Ou seja, sinônimo de coisa boa. Tudo anotado, fui para a cozinha e garanto: é simples, fácil e MARAVILHOSO. Os tomatinhos saem docinhos, temperados e acompanharam perfeitamente meu salmão grelhado e minha salada. Então anotem aí e façam em casa.

Coloquei os tomates por cima de uma salada verde e comi com um belo salmão grelhado e cru por dentro!

Coloquei os tomates por cima de uma salada verde e comi com um belo salmão grelhado e cru por dentro!

Você vai precisar de duas caixas de tomate cereja, o ideal é usar aquele sweet grape que é mais docinho, dentes de alho com casca (a quantidade aqui é aleatória, eu usei 20), ervas frescas (eu usei manjericão, alecrim e tomilho), sal, pimenta do reino, uma pitada de açúcar e bastante azeite (usei 200 ml mais ou menos até chegar na metade dos tomates). Ah! Para variar, piquei uma dedo de moça pequena sem sementes.

Bancada com os ingredientes.. Tudo separado e limpo para você começar a sua receita...

Bancada com os ingredientes.. Tudo separado e limpo para você começar a sua receita…

Coloque tudo em uma travessa, misture bem e forno! Mais simples impossível, não? A temperatura tem de estar bem alta. Deixei eles por 20 minutos no forno a 260 graus, ou seja, muito quente. Em seguida, baixei para 140 graus e deixei mais 10 minutos. Na etapa inicial o azeite chega a ferver.

Não há muito trabalho.. Depois de separar, basta colocar tudo em uma travesa e cobrir com o azeite...

Não há muito trabalho.. Depois de separar, basta colocar tudo em uma travesa e cobrir com o azeite…

Quando você tirar, os tomatinhos terão estourado e seu suco se misturado aos demais temperos. Uma coisa de maluco! Usei um fio desse azeite mesmo para grelhar o salmão que ficou do jeito que eu gosto: pele torradinha e interior bem mal passado. Mas eles cabem tranquilamente em cima de uma boa massa ou como um antepasto até mesmo ao lado de uma burrata. Perfeito, não? Vale muito fazer!

Esse é o resultado final.. Tomates assados, azeite saboroso e alho docinho saindo da casca...

Esse é o resultado final.. Tomates assados, azeite saboroso e alho docinho saindo da casca…

Mais informações, como vocês já sabem, sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos! Ah! Lembrando que agora o Gastronomia por Esporte também está no Facebook! Cliquem e curtam a página! Por lá vocês vão conferir todas as novidades do blog! http://www.facebook.com/gastroesporte

Cesta de parmesão… Simples de fazer e coloca a sua salada simples em outro patamar!

Curto saladas. Pode ser a mais simples possível, com alface, tomate, cebola roxa e salsinha (sempre coloco alguma erva). Mas sempre se pode incrementar de alguma maneira, não? Um molho diferente, um vinagrete com balsâmico ou então a nossa dica de hoje: uma cestinha de parmesão! Além de deixar o prato com uma apresentação muito bonita caso você receba alguém em sua casa, o salgadinho e o crocante do queijo dão um toque todo especial. E o melhor: é molezinha de fazer.

Saladinha simples de alface, tomate, cebola, salsa e o parmesão que sobrou... Perfeita combinação!

Saladinha simples de alface, tomate, cebola, salsa e o parmesão que sobrou… Perfeita combinação!

Para isso você precisa simplesmente de parmesão ralado e uma caneca para servir de molde. Mais nada! Mas fique atento apenas a um detalhe: o queijo precisa ser ralado em tiras. Ralo muito fino não serve. Em pó então nem pensar, ele não vai ficar no formato legal. Usei o grana padano, mas quem quiser utilizar algum mais barato sem problemas. Só que o sabor do grana é muito melhor!

Parmesão, um ralador e mais nada.. Só isso é necessário para a sua cestinha...

Parmesão, um ralador e mais nada.. Só isso é necessário para a sua cestinha…

Então vamos lá. Após ralar o seu queijo, coloque um pingo de azeite em uma frigideira antiaderente e ligue o fogo no mínimo. Espalhe o queijo pela frigideira e espere!

Frigideira antiaderente, um pingo de azeite e fogo baixo... Espalhe o parmesão e espere...

Frigideira antiaderente, um pingo de azeite e fogo baixo… Espalhe o parmesão e espere…

Lembre-se de deixar a caneca próxima do fogão porque você precisa colocar a sua cestinha rapidamente no molde.

Enquanto o queijo começa a ficar crocante, já deixe o molde separado para moldar a sua cesta...

Enquanto o queijo começa a ficar crocante, já deixe o molde separado para moldar a sua cesta…

Espere alguns minutos e tire quando a borda começar a ficar queimadinha.

Quando começar a ficar torradinho nas pontas está na hora de tirar.. Com cuidado para não quebrar..

Quando começar a ficar torradinho nas pontas está na hora de tirar.. Com cuidado para não quebrar..

Aí basta colocar no molde e ir pressionando com muito cuidado primeiro porque está quente e segundo porque você não quer que sua cesta quebre.

Coloque a cesta na caneca e vá apertando com cuidado para não quebrar.. Espere um minuto para secar..

Coloque a cesta na caneca e vá apertando com cuidado para não quebrar.. Espere um minuto para secar..

Pouco mais de um minuto depois está lá a sua cestinha!

Depois de um minuto ela fica na forma perfeita e crocante...

Depois de um minuto ela fica na forma perfeita e crocante…

Como disse no início, a salada foi a mais simples possível: alface crespa e alface americana rasgadas, pedacinhos de tomate, cebola roxa, salsa picada e um restinho do parmesão que eu ralei. Azeite, gotinhas de limão siciliano, flor de sal e pimenta do reino temperaram. Aí é só comer!

A saladinha na cesta vista por outro ângulo.. Dica imperdível!

A saladinha na cesta vista por outro ângulo.. Dica imperdível!

Mais informações sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos!