Arquivo da tag: Pimenta e Limão

Arroz de lentilhas: receita da Dona Cavalierona para trazer sorte o ano todo e não só no réveillon!

Arroz de Lentilhas. Normalmente esse prato espetacular é consumido em duas ocasiões: quando você vai a um restaurante árabe ou no ano novo, afinal de contas reza a lenda que traz sorte e dinheiro (é isso mesmo?). Mas por que isso acontece se é algo tão gostoso? E digo mais, tão simples de fazer. E é por isso que vou compartilhar aqui a receita da Dona Cavalierona que, na minha visão, supera a da grande Carmen, cozinheira do amigo índio Li. A minha comadre Nanda e senhora Li, do Pimenta e Limão, não concorda. Mas cada um com o voto da própria casa né?

Vamos em frente então. Você vai precisar de:

500g de lentilha
1 cebola partida ao meio
1 calabresa
1 pedaço de bacon
Sal
1,7 l de água
400g de arroz branco já cozido

Para a cebola crocante:
1,5kg de cebolas em rodela
1l de óleo para fritar

O arroz já vai estar pronto. Basta fazer do seu jeito. Então vamos para a lentilha. Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo alto para ferver. Assim que isso acontecer, baixe o fogo até o grão cozinhar. Esse proceso dura mais ou menos 20 minutos. O objetivo é ficar al dente.

20140120_133804 20140120_140922

Durante esse tempo, é uma boa hora para a parte mais cruel da receita: cortar em rodelas 1,5 quilo de cebola. Não adianta, você vai chorar. Mas enquanto rolam as lágrimas (ninguém disse que ser cozinheiro é fácil), foque no objetivo final. Aquela cebolinha queimada por cima do arroz é o segredo do sucesso.

20140120_140017

Feito isso, voltemos à lentilha que a este ponto já está cozida. Descarte a cebola e corte em pedaços a calabresa e o bacon. Agora é simples: basta misturar a lentilha e o arroz. Se você achar que ficou muito líquido, não coloque tudo. A ideia é deixá-lo molhadinho, mas não ensopado. Cubra com papel alumínio e mantenha aquecido em forno bem baixinho enquanto vamos para a cebola.

20140120_145240 20140120_145406 20140120_145826

Aqui o trabalho é braçal mesmo. Em uma frigideira funda e larga, esquente muito bem o óleo e vá aos poucos fritando a cebola previamente fatiada. Tome cuidado que por ter água, a cebola costuma fazer o olho borbulhar muito. E ninguém quer uma queimadura. Quando começar a ficar bem pretinha, tire e escorra bem. Nada mais.

20140120_151034 20140120_154821

Jogue por cima do arroz aquecido e está pronto. Sirva com o que você quiser. Neste dia, foi ao lado de um cordeiro assado que no fim da semana eu vou ensinar para vocês aqui. É comer e boa sorte, afinal de contas, as simpatias devem servir para todos os dias do ano!

20140120_221118

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Anúncios

Ketchup caseiro do Comuna: saudável, prático e delicioso. Chega de Heinz!

O fim de semana foi totalmente dedicado ao Rio Gastronomia. Estive no Jockey todos os dias, assisti aulas muito bacanas, outras nem tanto, provei vários quitutes e, como sempre, cozinhei. Inspirado por uma das aulas mais bacanas, a do pessoal do Comuna, local que não conhecia, mas que em breve irei visitar, passei parte do meu domingo com uma dupla clássica e espetacular: hambúrguer e ketchup caseiro. No post de hoje ficarei somente no ketchup. Ainda esta semana a receita do hambúrguer campeão dos caras!

20130818_160941

Esta é uma receita mais simples. Se você quer algo elaborado e um tanto mais trabalhoso, dá um pulo lá no Pimenta e Limão, da minha comadre Nanda. Esta receita é da época em que ela cozinhava comida de verdade e não essa coisa funcional sem glúten e lactose. Por aqui você vai precisar de poucos ingredientes e muita paciência. Então vamos lá: 1 quilo de tomates maduros sem pele (veja a dica no fim do post), 1 cebola roxa grande picada, duas colheres de sopa de azeite, 3 colheres de sopa de vinagre balsâmico, meia xícara de açúcar e uma colher de sopa de páprica picante e uma pitada de sal.

20130818_143721

Comece refogando em fogo baixo a cebola no azeite. Depois de mais ou menos dez minutos, aumente o fogo e entre com o balsâmico. Assim que reduzir, coloque os tomates que foram picados grosseiramente mesmo. Em seguida, coloque o açúcar, a páprica, o sal e mexa até borbulhar.

20130818_151431 20130818_151809

Assim que começar a ferver, coloque o fogo o mais baixo possível e relaxe. A ideia aqui agora é reduzir e apurar os sabores. Esse processo vai durar uma hora. Mexa de vez em quando, beba uma cervejinha, dá mais uma checada, outra cervejinha… E por aí vai. Ao lado da Luninha, que tem se mostrado uma grande companheira na cozinha.

20130818_155112

Passou uma hora, desligue o fogo, coloque tudo no liquidificador e bata até ficar bem homogêneo. Prontinho. Você acaba de fazer um belíssimo ketchup caseiro. Sem conservantes, saboroso e muito saudável. Pode, inclusive, ser congelado! Portanto, obrigado ao pessoal do Comuna!

20130818_163321

Tomates sem pele

Dica fácil para os que não conhecem. Para tirar a pele dos tomates, basta fazer um X com a faca na bunda deles e jogar por 40 segundos na água fervendo. Passado o tempo, jogue em água gelada para interromper o cozimento. Aí é só descascar!

20130818_145400 20130818_145620

 

Quer uma boa dica de Molho Barbecue caseiro? Confere o O que tem na Geladeira Hoje, da querida Juca!