Arquivo da tag: picadinho

Mira!, almoço praticamente impecável em ambiente muito agradável na Casa Daros

É um prazer muito grande entrar em um restaurante e sair feliz após uma bela refeição. Este, aliás, é o objetivo de qualquer um que sai de sua casa para almoçar ou jantar fora. E passei exatamente por isso no Mira!. Em duas semanas estive duas vezes na casa para almoçar. O repeteco se deu por ter encontrado tudo que você espera em um restaurante: boa comida, bom serviço, clima e atmosfera agradáveis e preços justos.

O Mira! é a terceira casa sob comando da Chef Roberta Ciasca e dos seus sócios Stef Quinquis e Danni Camilo, também do Miam Miam e do Oui Oui, no Rio. Aliás, todas localizadas em Botafogo. Esta fica no térreo da Casa Daros, espaço cultural/museu que conta com exposições que se renovam constantemente – a próxima está sendo montada agora, mas no pátio interno os artoons do mexicano Pablo Helguera valem e muito a visita pelo bom humor e sarcasmo. Pegando o clima da casa, a decoração é minimalista, os móveis são bonitos e o espaço é bem clean e amplo.

20140228_140040

Mas voltemos ao que interessa por aqui: comida. O cardápio de almoço é curto, mas eficiente. Estão lá boas opções de grelhado que podem ser combinados com um eficiente buffet de saladas, algumas criações da chef, um ou outro sanduíche além de duas sugestões que sempre se renovam dia a dia. Enquanto isso, um dos drinks da casa: Oui Oui Portonic (R$ 20), Porto Branco, Tônica e Limão Siciliano. Refrescante e agradável. Na sequência veio o Miam Miam também (R$ 20), com saquê, maracujá e grenadine. Igualmente gostoso. O Grenadine deu uma boa quebrada no cítrico do maracujá.

20140228_142154 20140228_135435

Na primeira investida dei de cara com hambúrguer entre as sugestões (R$ 38). Não tive nem dúvidas, afinal de contas vocês já sabem como sou fã do sanduíche aqui. Feito com contra-filé, veio coroado com queijo meia cura, cogumelos, chips de baroa e um excelente molho tártaro caseiro. Carne no ponto certo, saboroso e suculento. Desde já fica o pedido: coloquem este hambúrguer no cardápio. A cidade precisa de boas opções e esta definitivamente seria uma.

20140228_141140

O outro prato foi o picadinho, que fica na sessão de grelhados. Ele foi combinado com um acompanhamento (R$ 44), um Risoni ao limão que estava muito saboroso, mas poderia ter ficado um pouco mais al dente. O picadinho em si estava delicioso. A apresentação é interessante e o molho extremamente bem temperado. Chega com uma farofinha crocante.

20140228_141157

Na segunda investida, para comemorar o aniversário de 41 anos de casados do Seu Cavalierão e da Dona Cavalierona, um novo drink para experimentar: Cosmopolitan Sparkling (R$ 19). A clássica receita que ganhou o mundo com Sex and the City veio com uma bossa: água com gás em copo longo. Bem bacana, mas acho que a concentração do drink em si poderia ter sido maior.

20140315_154218

O casal Cavalierão/Cavalierona foi nos grelhados com buffet de saladas (R$ 47). Ela no Bife Ancho com um excelente aioli (este pedido tem um acréscimo de R$16 em cima do preço). A carne veio macia e extremamente suculenta. Ele no peixe do dia que, apesar de ser um pedaço um tanto quanto pequeno, veio no ponto perfeito. As saladas estavam todas muito gostosas. Uma simples de folhas, grãos com cogumelos, caponata, legumes crocantes, vinagrete de cebola… Belas opções.

20140315_154517

Luna foi de sauté de lulas e camarões à provençal com Risoni ao Limão. Os frutos do mar estavam macios, o tempero de alho, manteiga e ervas na medida certa, sem sobrepor aos sabores das estrelas principais.

20140315_160139

Mas o melhor a gente deixa para o final. Pedi os Kebabs de Cordeiro com creme fresco de limão, tomate e batata assados, mix de vagens e cenoura com especiarias (R$ 48). Não há uma vírgula para se falar deste prato. Os kebabs vieram mal passados como eu havia pedido e com equilíbrio perfeito nas especiarias. O creme casava perfeitamente. Os vegetais crocantes, os tomates frescos… Muito, mas muito bom mesmo.

20140315_160133

As sobremesas chegam em copinhos e estavam gostosas também, sobretudo a Tapioca com doce de leite e farofa de coco com castanha (R$ 14). A torta desmontada de limão é criativa, mas não me encantou tanto quanto a anterior.

20140228_143401

Saí de lá encantado e com a certeza de que ganhei uma boa opção de almoço na cidade. A casa fecha cedo, às 23h. E, atenção, só abre a partir de quarta-feira! Após as 17h, entra um menu de tapas que estou louco para conhecer. Para os que não são de drinks, a carta de vinhos é bem honesta e a de cerveja, assinada pela mestre cervejeira Cilene Saorin, é completa. Estas foram as duas primeiras investidas do que pelo visto serão muitas. E, como não poderia deixar de ser, vida longa ao casal!

20140315_164744

Mira!
Rua General Severiano, 159 – Museu Casa Daros, Botafogo – Rio de Janeiro
Quarta à Sexta – 12hs às 23hs, Sábado – 12hs às 19hs, Domingo – 12hs às 18hs

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Anúncios

Cozinha Cotidiana: clima de sítio, comida caseira e um pudim sensacional ali no Humaitá!

Moro na Fonte da Saudade e há muito tempo estava querendo conhecer o Cozinha Cotidiana. Sempre que pegava a Rua Humaitá, olhava de longe a fachada que passa a impressão de um lugar que serve comida caseira e bem feita. Pois na última semana finalmente matei a minha curiosidade. Ao lado do amigo Chico Torcedor, fui almoçar e constatar que lá são servidos pratos simples, mas feitos com carinho e o melhor, a preços muito acessíveis. E de quebra você pode comer de sobremesa um pudim impecável!

A fachada é discreta e se você passa com pressa pode nem perceber.. Mas ali se come muito bem..

A fachada é discreta e se você passa com pressa pode nem perceber.. Mas ali se come muito bem..

O charme já começa do lado de fora, quando os pratos, que mudam diariamente, ficam expostos em um quadro negro. Dentro, o pequeno e aconchegante salão conta com decoração que em certos momentos chega a remeter uma cozinha de sítio. O balcão ainda conta com uma vitrine expondo os doces apetitosos.

Já deu para perceber que sou fã dos quadros.. Isso traz charme e remete aos bistrôs...

Já deu para perceber que sou fã dos quadros.. Isso traz charme e remete aos bistrôs…

Com poucas mesas, o salão é decorado como uma casa de campo..

Com poucas mesas, o salão é decorado como uma casa de campo..

Como disse, o cardápio muda todos os dias e conta com apenas alguns poucos itens fixos como acompanhamentos e saladas. A cozinha é simples. Opções como frango ensopado, galeto, carne assada, bife rolé, escondidinho… Chico resolveu ir no picadinho com arroz, feijão, purê e salada. A carne estava boa e bem temperada. O feijão muito saboroso e o arroz soltinho. O ponto negativo foi o purê de batatas. A textura não estava boa e faltava um pouco mais de sabor.

Feijão gostoso, picadinho idem e saladinha de palmito.. Quem derrapou aí foi o purê..

Feijão gostoso, picadinho idem e saladinha de palmito.. Quem derrapou aí foi o purê..

Eu resolvi ir no peito desfiado, chamado de Desmanchadinho. A carne de segunda estava muito bem cozida e saborosa. Também acompanhada por arroz e feijão, mas meu prato incluiu ainda um creme de milho bem feito e docinho na medida certa e uma farofa criativa de jiló e couve. O jiló fez as vezes de ovo dando textura e obviamente o sabor amargo e característico. Os pratos todos variam entre R$ 22 e R$ 25.

Peito bovino bem cozido e desfiado.. Mas o destaque aí foi a farofa de jiló com couve.. Deliciosa e diferente..

Peito bovino bem cozido e desfiado.. Mas o destaque aí foi a farofa de jiló com couve.. Deliciosa e diferente..

A sobremesa foi um capítulo a parte. O pudim eu já citei lá em cima. Delicioso (R$ 6,90 a fatia). Sente a fotinho aí (aliás, perdão pelas fotos com pouca luz).

Pudim ESPETACULAR.. Pode não ser correto, mas amo quando ele não vem lisinho.. Isso é pudim caseiro!

Pudim ESPETACULAR.. Pode não ser correto, mas amo quando ele não vem lisinho.. Isso é pudim caseiro!

Chico foi em bolo quente de chocolate com doce de leite (R$ 8,90). Sabor marcante de chocolate e doce de leite com gostinho de mineiro.

Generosa fatia de bolo quente de chocolate com doce de leite.. Sobremesa com ar 100% caseiro..

Generosa fatia de bolo quente de chocolate com doce de leite.. Sobremesa com ar 100% caseiro..

Para quem mora ou trabalha por ali a dica é boa. Vale a pena ir até lá e comer um almoço simples, bem feito e saboroso. Ah! E tem de ser almoço e durante a semana, já que a casa funciona apenas de segunda a sexta das 8h às 16h. E se não quiser almoçar, ao menos vá conhecer o pudim!

Mais informações, como vocês já sabem, sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos! Ah! Lembrando que agora o Gastronomia por Esporte também está no Facebook! Cliquem e curtam a página! Por lá vocês vão conferir todas as novidades do blog! http://www.facebook.com/gastroesporte

Cozinha Cotidiana
Rua Humaitá, 261 – Loja C – Tel: (21) 2537-0033

O Picadinho de Roberta Sudbrack. Faça esse favor para você mesmo e vá conhecer!

Não preciso dizer novamente que sou fã da Roberta Sudbrack. Já fiz aula, já fui jantar, já reproduzi receitas inspiradas no que aprendi com ela… Mas na última sexta-feira vivi mais uma experiência na casa laranja: o picadinho. O prato que leva o nome do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é primoroso. Servido apenas no almoço das sextas, faz parte de um menu fechado que inclui salada e sobremesa. Como era sexta-feira santa, a segunda opção de menu tinha como prato principal o bacalhau que a chef aprendeu com sua vó Iracema. Mas chega de introduções. Vamos logo aos detalhes!

O RS.. A casinha laranja que chama atenção de qualquer um..

O RS.. A casinha laranja que chama atenção de qualquer um..

A tarde começou como sempre com o pão da casa quentinho, manteiga com flor de sal e o delicioso salame do sul do país cortado fininho. Tudo delicado e acompanhando um Cave Geisse Nature bem gelado (R$160).

Como éramos cinco e todos queriam provar todas as opções, foram dois menus do picadinho, que saiu por R$ 120, e três do bacalhau, que custava R$ 180. A salada do primeiro era de folhas bem frescas coroadas com um queijo de cabra gratinado que estava muito saboroso.

Mix de folhas com o queijo de cabra gratinado... Também bem harmonizado..

Mix de folhas com o queijo de cabra gratinado… Também bem harmonizado..

Já quem pediu o bacalhau foi presenteado com uma salada impecável. Chicória frisée com certo amargor que era balanceado com abóbora assada em cubos. Macia e docinha, a abóbora equilibrou o prato que continha ainda o salgadinho e a presença do parmigiano ralado.

Chicória frisée, cubos de abóbora docinhos, azeite e parmigiano... Tudo muito equilibrado..

Chicória frisée, cubos de abóbora docinhos, azeite e parmigiano… Tudo muito equilibrado..

Veio então o bacalhau. Cozido e em lascas, estava acompanhado por batatas assadas, cebolas caramelizadas no vinho do porto branco, fatias finíssimas e muito crocantes de pão, alho, brócolis e azeitonas. Novamente tudo em equilíbrio. A crocância do pão contrastava bem com a maciez da batata e do próprio peixe. Muito gostoso.

Saboroso, com contraste de texturas e temperado no ponto certo o bacalhau que homenageia a Vó Iracema!

Saboroso, com contraste de texturas e temperado no ponto certo o bacalhau que homenageia a Vó Iracema!

Mas não adianta. A estrela da sexta realmente foi o picadinho. Primeiro na apresentação. É muito legal tudo vir separado para você montar o seu prato. Arroz soltinho, banana crocante e muito doce e uma farofa de cenoura simplesmente espetacular. Novamente a simplicidade imperou. Manteiga na medida, muito gostosa mesmo.

A apresentação é bem bacana.. Tudo vem em potinhos e a estrela chega em uma cocotte da Le Creuset..

A apresentação é bem bacana.. Tudo vem em potinhos e a estrela chega em uma cocotte da Le Creuset..

Crocantes e bem docinhas, as bananas fazem parte do picadinho..

Crocantes e bem docinhas, as bananas fazem parte do picadinho..

Só que estes são os coadjuvantes. A estrela vem em uma cocotte da Le Creuset. Quando você tira a tampa lá está o ovo coroando o mignon cortado na ponta da faca e um molho aromático, rico e saboroso. Mas o ovo poché é tão bonito que te deixa meio hipnotizado. E o espetáculo de estourar e ver aquela gema quase laranja se misturando ao molho e deixando o prato realmente incrível é demais. Comendo você entende os motivos de o nosso ex-presidente ter segurado Roberta em sua cozinha por muito tempo.

O picadinho coroado com o ovo poché que é uma verdadeira estrela... Coisa de maluco..

O picadinho coroado com o ovo poché que é uma verdadeira estrela… Coisa de maluco..

Era chegada a hora das sobremesas. No menu do picadinho, um clássico: canelone de maçã com pistache e calda toffee. O crocante da massa dava a textura. O recheio doce contrastava com um caramelo quente e levemente salgado que estava impecável. Sim, eu abri mão do bolo abaixo pelo canelone.

Simples, delicado e impecável.. O canelone também é um show de sabores e contrastes..

Simples, delicado e impecável.. O canelone também é um show de sabores e contrastes..

O bolo? Era a sobremesa do segundo menu. Também já famoso, o bolo molhado é delicioso. Extremamente macio, derrete na sua boca e tem a potência dos chocolates Amma, da Bahia. A calda quente é algo a parte também. E a fatia é bastante generosa, perfeito para quem é maluco por chocolate.

Quente, cremoso e saboroso, o bolo molhado vem bem servido e é muito intenso..

Quente, cremoso e saboroso, o bolo molhado vem bem servido e é muito intenso..

No fim, junto com o café coado, os brigadeiros de colher. Para finalizar bem.

Não dá para terminar uma tarde ou uma noite no RS sem os brigadeiros...

Não dá para terminar uma tarde ou uma noite no RS sem os brigadeiros…

É barato? Não. Mas como já havia comentado em outras ocasiões, entrar na casa da Roberta Sudbrack é uma experiência imperdível para quem sente prazer pela comida. Portanto fica aqui a minha dica. Faça esse favor para você mesmo e vá um dia conhecer este picadinho. É certo de que você não irá se arrepender.

Mais informações, como vocês já sabem, sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos! Ah! Lembrando que agora o Gastronomia por Esporte também está no Facebook! Cliquem e curtam a página! Por lá vocês vão conferir todas as novidades do blog! http://www.facebook.com/gastroesporte

Roberta Sudbrack
– Rua Lineu de Paula Machado, 916, Jardim Botânico, Rio de Janeiro – RJ – (21) 3874-0139
Horário: Terça a quinta, das 19h30m à meia-noite; Sexta, do meio-dia às 15h e das 20h30m à meia-noite; Sábado, das 20h30m à meia-noite