Arquivo da tag: Pelo Mundo

Pelo mundo: um joelho de porco pururuca com litros de chope inesquecível em Viena. Este é o Salm Bräu!

Quem me acompanha por aqui, soube que no mês passado fui de férias para a Europa. Durante a passagem por Paris até fiz algumas receitinhas como a soup a l’oignon ou o purée de pommes a l’ancienne. Mas além do passeio pela França, conheci parte do Leste Europeu com o tradicional trio Praga-Viena-Budapeste. A dica de hoje vai para quem um dia passar pela capital da Áustria, terra do schnitzel com batatas e da famosa torta sacher. Mas a dica aqui é para quem tem estômago forte. No Salm Bräu a pedida é uma só: joelho de porco pururucado ou Eisbein. Simplesmente inesquecível, digno do Enchendo Linguiça, casa que serve um excelente aqui no Rio.

20130424_172037

O lugar por si só já vale a visita. Fica ao lado do imponente e maravilhoso Palácio Belvedere, um dos principais pontos turísticos da cidade. Com uma área externa agradável, o restaurante tem produção própria de quatro chopes perfeitos para acompanhar qualquer que seja o pedido. Provei obviamente todos: Pilsen, Weiss, Ale e Wite. E ainda rola uma quinta opção que muda conforme a temporada. Neste dia era um Helles Chilli chamado de Burning Hell. Estava simplesmente espetacular!

20130424_182807

20130424_182729

Chope de meio litro por favor!

20130424_164034

20130424_165952

Mas voltemos à estrela da casa. O cardápio diz que serve duas pessoas. Mas o carnudo joelho foi até demais para três. O sabor defumado estava ideal e a casquinha pururucada incrível! E ainda vinha servido com uma mostarda excelente e raiz forte fresca ralada.

20130424_173507

No fim das contas abandonei o garfo e caí dentro do osso. Uma delícia!

20130424_174729

O melhor é que chegamos no local no meio da tarde e pegamos o Happy Hour. Ou seja, o chope de meio litro saiu pela bagatela de 3 euros. O prato do joelho custava 22 euros. Não é fã de joelho? Pratos variados estão presentes no cardápio. Vale muito a visita caso você esteja passando por lá!

Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!

Anúncios

Mais uma de Paris: Purée a L’Ancienne. Uma maneira simples de elevar seu purê de batata a outro nível!

Mais uma historinha parisiense aqui no blog depois da nossa Soup a L’Oignon. Assim que chegamos ao apartamento que alugamos em Paris, a locatária me mostrou uma propaganda de um curso de culinária que aconteceria dias depois do meu retorno. Parecia até que ela sabia da minha paixão por cozinha. O tema da aula era variações de pratos feitos com batata como base. O primeiro que seria ensinado era Purée de Pommes a L’Ancienne, ou purê com mostarda. Pensei: por que não fazer aqui? É um acompanhamento simples e perfeito para um bom bife, ou então um frango grelhado… No nosso caso, esteve ao lado de um belo hambúrguer coberto com emmental.

20130506_222749

Mas voltemos ao purê, estrela do post. Para mais ou menos quatro pessoas você irá precisar de: um quilo de batatas, seis colheres de sopa de manteiga, uma xícara de leite e duas colheres de sopa de mostarda a l’ancienne, que hoje você encontra em qualquer lugar (é aquela com as sementes).

20130506_205749

Descasque e cozinhe as batatas em água com sal. Feito isso, amasse-as enquanto ainda estão quentes e leve de volta à panela.

20130506_212049

20130506_213723

Entre com o leite e com a manteiga e mexa com cuidado para emulsionar e deixar bem leve. Achou espesso? Coloque um pouco mais de leite.

20130506_213844

Com o purê praticamente pronto, entre com a mostarda e mexa. Pronto. Sirva com a carne de sua preferência e se esbalde! Além de sabor, a mostarda a l’ancienne deixa o prato mais bonito com as sementes. Simples e delicioso!

20130506_214141

20130506_214416

Obs: caso queira melhorar ainda mais, aqueça o leite com uma folha de louro e alguns dentes de alho esmagados e retire-os antes de incorporar ao purê. Não fiz isso em Paris, mas o sabor é interessante.

Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!