Arquivo da tag: pães

Pousada Infinito: refúgio em Mauá com um café da manhã simplesmente inesquecível!

A dica de hoje não é um restaurante ou uma receita. Vou fugir um pouco do habitual, mas sem perder a essência do blog. Isso porque no primeiro fim de semana do ano fui para Mauá com Luninha. Opções de locais para ficar não faltam e a pesquisa sempre é longa. Mas o amigo Leleco, aquele do Brownie, deu a dica e descobrimos a Pousada Infinito (confira aqui o site oficial). Localizada no lado mineiro de Maringá, a pousada é administrada pelo casal Peres e Tânia, ao lado do filho Rodrigo e da nora Tatiana.

É daqueles lugares em que tudo é pensado e feito para você descansar sem ter maiores preocupações. A decoração é minimalista, os são chalés amplos e confortáveis. E a família, muito simpática e atenciosa, faz com que você se sinta quase como um convidado da casa deles.

310222_175414982536487_1720931157_n 314372_175415415869777_580827312_n

Mas por que estou falando de uma pousada em um blog de gastronomia? Porque além do que já citei, o café da manhã é simplesmente inacreditável. Esqueça buffet, ovo mexido ressecado, bolos sem graça, suco de caixinha… O cuidado é enorme e um verdadeiro banquete se desenrola ao longo de algumas etapas. Todas, por sinal, explicadas didaticamente pelo seu Peres. E preparadas com muito esmero pela Tânia.

A “festa” começa sempre com dois sucos e frutas. O de laranja é fixo e o outro muda diariamente. Tivemos abacaxi com hortelã no sábado e mamão com caju no domingo. Dentro do mamão, fatias de figo, carambola, ameixa, pêssego, uva e morango. Tudo muito fresco.

20140104_095034 20140104_095041

Em seguida vem a etapa do ovo. E vocês já sabem como eu sou viciado em ovo. E lá é caipira mesmo, com direito a gema laranja e extremamente saborosa. Assim como o suco, esta parte também muda. No sábado ele veio frito no centro de uma fatia de pão de ervas. Um show de sabores. Se a gema estivesse um pouquinho mais mole seria a perfeição. Ah! E ainda veio uma mini quiche de alho poró.

20140104_100328

No domingo, veio mexido com cubos de tomate e ervas recheando um pão folha crocante. Tudo extremamente saboroso e equilibrado. Como complemento, dois pedacinhos de uma inusitada e saborosa linguiça de truta, peixe de rio que você encontra em qualquer esquina de Mauá. Neste dia veio ainda um caldinho de baroa na canequinha.

20140105_095538

Acabou? Longe disso. Pães fresquinhos, incluindo aqui um waffle com massa de pão de queijo, chegam quentinhos para serem comidos com geleia, manteiga de primeiríssima linha e requeijão. Tudo, como seu Peres fez questão de deixar claro, fresquinho e feito na região. Ah, frios fininhos também chegam nessa hora junto com uma jarrinha de chocolate quente.

20140104_101235

Para finalizar, duas etapas simplesmente sensacionais. O iogurte caseiro é tão leve que lembra chantilly na textura. Inacreditável. Cheguei a repetir, principalmente o que veio com calda de acaí – no domingo foi de maracujá. E os bolinhos. O de laranja tava tão molhadinho que a mesa do lado disse que lembrava um petit gateau. Não é para tanto, mas aquele conforto que um bolo bem feito traz pela manhã você encontrava.

20140104_101638

No domingo, de chocolate com uma calda que entranhava pelo interior deixando tão molhadinho quanto. Finalizava de maneira perfeita uma manhã maravilhosa. Esse esqueci de fotografar!

O difícil depois deste banquete era levantar, calçar o tênis, encarar as esburacadas estradas e a caminhada pelo mato em busca das cachoeiras. Mas, além da digestão,  quando o resultado final é este visual tudo compensa. Simplesmente um fim de semana maravilhoso. E de paz. Muita paz!

20140104_131411

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Pousada Infinito
Entrada transversal à Alameda Gastronômica Tia Sofia, Visconde de Mauá RJ – Maringá Minas
(24) 3387-1771/ (21) 9 9559-3108 / (21) 9 9981-8118

 

Anúncios

Bistrô Escola do Pão: o couvert já vale (e muito!) a visita.. Mas teve jantar, sobremesa…

A Escola do Pão está sempre citada entre as melhores casas para tomar café da manhã no Rio. Como disse no post da Casa da Táta, esta não é minha refeição preferida e por isso ainda não conferi o de lá. Mas a mesma casa funciona também como um bistrô. E a comida é deliciosa, feita com bastante cuidado e consegue sempre proporcionar uma noite agradável. E, mesmo que você não queira encarar o jantar, escute a minha dica e ao menos vá conhecer o sempre espetacular couvert.

Antes de chegar lá, um detalhe da decoração. Antes de entrar ao restaurante, um corredor bem caseiro com os prêmios da casa chama atenção. O salão todo é decorado neste espírito. A cozinha é semi-aberta e fica no fundo com a lojinha dos produtos na frente.

No corredor que leva até o restaurante ficam pendurados os muitos prêmios recebidos pela casa..

No corredor que leva até o restaurante ficam pendurados os muitos prêmios recebidos pela casa..

Aconchegante e com decoração caseira, o salão não é muito grande e divide espaço com a lojinha.. No fundo a janela da cozinha..

Aconchegante e com decoração caseira, o salão não é muito grande e divide espaço com a lojinha.. No fundo a janela da cozinha..

Mas vamos para a comida. Ou melhor, para o couvert. A farta pedida vem em um suporte charmoso de madeira. Serve tranquilamente duas pessoas (R$ 38). Éramos cinco e pedimos dois. A vantagem foi que veio uma variedade maior dos deliciosos pães. Chamou atenção a broa de milho, o pão de leite e o de cerais. Mas até a básica baguetinha é muito bem feita.

A estrela da noite.. Pães quentinhos, gratin de queijos, geleia, saladinha, azeite aromatizado.. Espetáculo!

A estrela da noite.. Pães quentinhos, gratin de queijos, geleia, saladinha, azeite aromatizado.. Espetáculo!

Além dos pães, o couvert inclui um espetacular gratin de queijos que vem tostadinho e delicioso. Como pedimos dois, alguns itens não se repetiram. Uma saladinha com vinagrete na medida também acompanha, assim como geleia de damasco, tomate seco e até uma beterraba agridoce. Confiram as fotos e babem! Ah! O vinho foi um Almanegra Misterio I, completamente excelente. Um blend no qual vc não sabe as uvas (R$ 120).

O segundo couvert veio com pães diferentes, tomate seco e uma berinjela agridoce bem saborosa...

O segundo couvert veio com pães diferentes, tomate seco e uma berinjela agridoce bem saborosa…

Veio ainda uma porção de bruschettas caprese. Novamente o que se destaca é o pão. O queijo era mussarela simples e não de búfala (R$ 24).

De queijo, tomate e manjericão, a bruschetta se destaca mais pelo pão do que pelo recheio em si..

De queijo, tomate e manjericão, a bruschetta se destaca mais pelo pão do que pelo recheio em si..

O couvert por si só já valeu. Poderia tranquilamente pedir a conta e dormir feliz. Mas nem todo mundo fez redução de estômago. Foram pedidos três pratos. O primeiro um clássico steak au poivre (R$ 68). Filé alto no ponto certo, molho saboroso, mas a verdadeira estrela foi o acompanhamento. Uma espécie de croquete de batata com textura crocante por fora e macia por dentro. No recheio alho poró e presunto parma. Incrível!

O steak au poivre veio com molho saboroso, mas a estrela foram os croquetes de batata recheados.. Incríveis!

O steak au poivre veio com molho saboroso, mas a estrela foram os croquetes de batata recheados.. Incríveis!

O Filé superb vem recheado com queijo boursin cremoso e saboroso, e regado com um molho bem gostoso de mostarda a l’ancienne (em grãos). O acompanhamento original é batata gratinada. Mas Luna preferiu trocar por um risoto de limão siciliano que estava apenas correto (R$ 68) na textura e com acidez bem controlada.

O grande filé vem com recheio de queijo boursin, molho de mostarda a  L´Ancienne e risoto de limão..

O grande filé vem com recheio de queijo boursin, molho de mostarda a L´Ancienne e risoto de limão..

O terceiro prato foi um filé de cherne com molho de camarões e alcaparras (R$77). O peixe estava muito bem feito. O molho nem provei pela alergia. O acompanhamento uma outra variedade dos espetaculares croquetes de batata, desta vez com catupiri e espinafre.

O cherne veio bem cozido acompanhado com diferentes croquetes de batata.. Este prato já veio dividido! E o molho de camarões não tá na foto!

O cherne veio bem cozido acompanhado com diferentes croquetes de batata.. Este prato já veio dividido! E o molho de camarões não tá na foto!

Depois de tudo isso, ainda veio a sobremesa. Luna garimpou a sugestão no pé do cardápio, já que ela não faz parte do menu fixo. E foi outro grande acerto. Uma rabanada levíssima recheada com creme patisserie aromatizado baunilha (R$ 26). A textura e o sabor estavam impecáveis. Ainda vinha acompanhado de um sorvete de creme com base crocante e uma calda quente de caramelo salgado. Inesquecível.

Simplesmente demais.. A rabanada veio recheada com creme patisserie.. Ao lado sorvete de baunilha sobre base crocante e calda quente de caramelo!

Simplesmente demais.. A rabanada veio recheada com creme patisserie.. Ao lado sorvete de baunilha sobre base crocante e calda quente de caramelo!

A noite foi praticamente toda de acertos. Vale citar também o belo atendimento do staff atencioso. Um belíssimo jantar na casa de Clécia e Elen Casagrande. Na saída vem a tentação de passar pela lojinha onde os produtos de fabricação caseira são vendidos. Complicado passar por lá sem no mínimo fuxicar as novidades. Agora resta um dia voltar para conhecer o café da manhã tão badalado!

Após o jantar, você pode comprar pães, biscoitos e outros deliciosos produtos de fabricação própria.. Tentação!

Após o jantar, você pode comprar pães, biscoitos e outros deliciosos produtos de fabricação própria.. Tentação!

Mais informações sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos!

Escola do Pão
– Rua General Garzon, 10, Lagoa, Rio de Janeiro – RJ – (21) 2294-0027 / (21) 3205-7275
Bistrô: ter a sáb, das 17h à meia-noite.
Café da manhã: sáb e dom, das 9h às 13h;
Venda de pães: ter a sáb, das 9h à meia-noite; e dom, das 9h às 13h

Da Casa da Táta.. Certeza de boa manhã após um belo café!

Não sou um cara de café da manhã. Sim, isso é errado. Eu sei. Mas nunca tive o costume. Café comigo só mesmo em duas situações: em hotel quando estou viajando ou na rua como um programa para sair de casa. E atualmente essa é uma ideia cada vez mais difundida. São muitas as opções e as localidades. Mas um lugar específico me faria comer após acordar todos os dias: Da Casa da Táta.

A fachada acanhada na Gávea.. A foto foi tirada depois de 12h no sábado.. Por isso não tem gente na porta!

A fachada acanhada na Gávea.. A foto foi tirada depois de 12h no sábado.. Por isso não tem gente na porta!

A acanhada casinha na Gávea é aconchegante, com decoração criativa e, melhor de tudo, com comida maravilhosa a preços mais do que justos se comparado a outras casas. Só tem um defeito por lá, que acontece justamente por mérito: está SEMPRE cheio. E como a casa é pequena e café não é uma refeição que as pessoas fazem com rapidez, a espera pode ser bem longa. Isso só não acontece em duas situações: se você chegar até 8h ou depois de 11h. Entre estes horários vá, mas tenha paciência!

O salão da casa é bem pequeno, mas aconchegante...

O salão da casa é bem pequeno, mas aconchegante… No detalhe o balcão que pode ser utilizado..

Então vou supor aqui que você vá esperar. Logo ao sentar já dá para perceber o clima de casa mesmo. Talheres que não seguem padrão, jogo americano com cartas e fotos aleatórias… No cardápio duas opções de café pré montados. Nunca comi outro sem ser o da Táta, que inclui tudo da primeira opção mais alguns adicionais. É mais do que suficiente para duas pessoas e sai por R$ 27. Estão incluídos um suco, uma bebida quente, cesta de pães, incluindo aí um dos melhores pães de queijo da cidade e uma broa de milho fantástica, uma fatia de bolo (incrível), manteiga, geleia, uma fruta, queijo minas, peito de peru e um pão de passas ou de chocolate. Você pode pedir sanduíches na ciabatta ou na baguete com diversos recheios, omeletes e adicionais variados, entre eles mais algum item dos que você já recebeu ou algo como ovos mexidos (não aconselho: são mais do que comuns. Quer ovo mexido? Faz o que eu ensinei aqui mesmo).

A mesa com jogo americano feito pela própria casa, sem padrão.. O cardápio com capa de pano...

A mesa com jogo americano feito pela própria casa, sem padrão.. O cardápio com capa de pano…

Os frios, peito de peru e queijo minas, e o mamão cortado em formato diferente do habitual...

Os frios, peito de peru e queijo minas, e o mamão cortado em formato diferente do habitual…

Mas vamos aos detalhes e aos motivos de eu achar que vale a pena esperar. Primeiro os pães. Frescos, caseiros e deliciosos. Mas dois itens da cesta valem destaque especial. Um eu já falei: a broa de milho. Também levinha e saborosa, casa perfeitamente com os frios e novamente com a manteiga ou a geleia.

Os pães sempre quentinhos, frescos e crocantes.. Baguete, pão de batata e aberta ali em cima a broa espetacular!

Os pães sempre quentinhos, frescos e crocantes.. Baguete, pão de batata e aberta ali em cima a broa espetacular!

O pão de queijo é brincadeira. Aerado, levinho e muito saboroso. Não é aquela porcaria industrializada e massuda que a gente encontra por aí. Com manteiga fica a perfeição. Por mim ficava sempre nessa dupla!

O pão de queijo é impecável.. Repare que não é massudo e sim leve e aerado.. E a manteiga derretendo? Maldade minha, não?

O pão de queijo é impecável.. Repare que não é massudo e sim leve e aerado.. E a manteiga derretendo? Maldade minha, não?

Mas antes que você se empolgue, faço o alerta: deixe espaço para os doces. Os bolos da Táta formam um capítulo diferente. Falam do de laranja. Também ouvi coisas boas sobre o de milho, de aipim e de cenoura. Mas peço desculpas a eles. O Formigueiro é SEMPRE a minha escolha. E é incomparável. Massa leve e macia, calda saborosa. Um bolo impecável. Sempre termino levando uma fatia extra para casa. Dessa vez não foi diferente. Mas acabei nem encostando já que Seu Cavalierão bateu o olho e devorou sem dó nem piedade me deixando órfão na manhã seguinte. O pão de chocolate também é muito bom, mas nada se compara a esse bolo.

O bolo que é talvez a grande estrela.. Dá para ver pela foto como é fofinho e delicioso.. Ao lado o pão de chocolate..

O bolo que é talvez a grande estrela.. Dá para ver pela foto como é fofinho e delicioso.. Ao lado o pão de chocolate..

Logo na entrada fica esse balcão com bolos variados e pães que você pode levar para casa...

Logo na entrada fica esse balcão com bolos variados e pães que você pode levar para casa…

Um único detalhe que não pode passar despercebido é o atendimento. Costuma ser lento e em alguns casos confuso. Coisas que você acaba relevando justamente em função do número grande de pessoas no fim de semana. Vá com calma, é um café, você está ali para relaxar. Outra coisa que mudaria é a ausência de requeijão. A casa trabalha apenas com cream cheese e tem de ser pedido como adicional.

No fim das contas a satisfação é garantida. Se você quiser esperar, acho que não vai se arrepender. Se não quiser, acorda cedo ou acorda da tarde! Ah! A casa ainda serve almoço e quinzenalmente promove degustação de vinhos. Nunca fui, mas a vontade é grande. Se for como o café é certeza de satisfação garantida. Aproveite a dica e tenha um bom dia!

Da Casa da Táta
Rua Professor Manuel Ferreira, 89 – Gávea  Rio de Janeiro – (21) 2511-0947
Seg a sex, das 8h às 20h; sáb, das 8h às 18h30m; dom, das 9h às 14h