Arquivo da tag: ervas

Ressaca da Folia? Agora que o ano ‘começou’, uma receita leve: Truta assada com Manteiga de Ervas.

A piada é batida, mas no fundo todo mundo pensa nela e vai além: acaba fazendo algo a respeito. Afinal de contas, temos duas épocas em que você acorda, relembra dos excessos e pensa: “agora o ano começou e vou mudar meus hábitos”. A primeira é obviamente o dia 2 de janeiro, depois de comer sem parar no Natal e beber os 300 chopes de fim de ano além da noite da virada. Já a segunda é justamente agora: o pós carnaval. Pode confessar: o que você bebeu nos dias de folia, blocos e duas “piriguetes” geladas por R$ 5 não foi brincadeira.

“Mas isso acabou. Agora é foco total, alimentação melhor e pelo menos um mês aí sem beber cerveja para limpar o organismo”. Já que todos pensamos assim, vamos com uma receita bem leve para ajudar: Filé de truta com manteiga de ervas. Ah? Manteiga?! Mas não era Rehab? Vamos com calma, não é? Se for radical demais você surta de vez!

20140107_122545

 

Você vai precisar de:
1 filé de truta (pode ser feito com outro peixe cortado em filé, mas usei a Truta que trouxe de Mauá)
1 cebola média em rodelas
3 rodelas de limão
50ml de vinho branco
Sal e Pimenta do Reino

Para a manteiga:
2 colheres de sopa de manteiga
Ervas frescas de sua preferência (usei salsa, tomilho e alecrim)

A truta que comprei já veio limpinha e aberta, só com a pele e o rabo. Tempere ela com sal, pimenta e umas gotinhas de limão. Em uma travessa, espalhe as rodelas de cebola e limão para que o peixe não encoste no fundo. Também jogue sal e pimenta, além do vinho branco. A manteiga de ervas você faz misturando as ervas picadas na manteiga amolecida até ficar homogênea.

20140107_114932

20140107_115440

O peixe vai repousar por cima dessa cama. Espalhe a manteiga de ervas e feche a truta de modo que a pele fique por fora e coloque o restante do seu tempero. Aí é forno médio para alto, 210 graus, o tempo suficiente para a pele ficar crocante e o peixe suculento por dentro.

20140107_115928 20140107_120109 20140107_122124

Na onda do Detox, que aliás já inspirou esse belo Gazpacho que você relembra aqui, o peixinho foi servido com uma saladinha fresca de alface e tomate temperada com o próprio molho, que ganhou um toque adocicado da cebola e do limão assados. Leve e perfeito. E Feliz Ano Novo!

20140107_122538

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Fraldinha marinada… Adaptação de receita simples e rápida da Nigella .. Um espetáculo!

O amigo Besouchet, grande fã do blog, foi a inspiração. Ele, quem diria, tem feito algumas graças na cozinha e me surpreendeu com esta receita copiada do livro da Nigella Lawson. Gostei, resolvi fazer e agora compartilho com vocês. Mas mudei um pouquinho porque sou abusado. Essa carne marinada em ervas pode ser um prato principal ou até mesmo um aperitivo. E é de preparo bem simples. A original é feita com alcatra. Mas resolvi utilizar Fraldinha. E não me arrependi!

20130630_205121

Vamos aos ingredientes: 800 gramas de fraldinha limpa, uma pimenta dedo de moça picada, suco de um limão siciliano, 100 ml de azeite, dois dentes de alho picados, duas colheres de sopa de tomilho picado, uma colher de sopa de alecrim picado, duas colheres de sopa de salsa picada, sal e pimenta do reino à gosto.

20130630_111839 20130630_165505

Tempere a carne com sal e pimenta. Aqueça bem uma panela, de preferência de ferro, e grelhe a peça por aproximadamente quatro minutos de cada lado. Enquanto isso, misture em uma travessa que caiba a carne todos os demais ingredientes. A ideia é fazer uma marinada.

20130630_171222

Após grelhar, coloque a carne na mistura de limão, azeite, ervas e temperos. A ideia é deixá-la ali por mais ou menos três minutos de cada lado, para passar bem o gosto e até cozinhar um pouquinho a mais com a acidez do limão.

20130630_204605

Em seguida, fatie bem fino e sirva. Como disse lá em cima, pode ser prato principal ou entrada. Neste dia foi um petisco ideal para servir com uma cerveja gelada e acompanhar a vitória do Brasil sobre a Espanha na Copa das Confederações. Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!

Filé em crosta de ervas: simples de fazer e perfeito para um jantar descontraído..

Rabanada, peru, tender bolinha, bacalhau, lombinho… As receitas natalinas são muitas e todas deliciosas. Eu mesmo me acabei com as postas com bastante azeite, cebola e alho da Dona Cavalierona. Mas após o recesso natalino, o Gastronomia por Esporte volta com uma dica que foge deste clima. Nos programas na TV, nas revistas e até em outros blogs só se falou sobre Natal. Agora passou. Voltemos ao roteiro normal. E a receita de hoje é simples, fácil e cabe bem em qualquer situação. Até, quem sabe, na sua ceia do ano novo que está chegando.

O jantar lá nos amigos Luciano e Alê começou com a torrada com cogumelos e ovo poché que você pode conferir aqui. Teve até drink durante os aperitivos. Mas precisávamos de um prato principal. E fizemos com estilo. Filé mignon em crosta de ervas com molho de mostarda acompanhado de risoto de açafrão. Neste post falarei apenas do filé. O molho acabei não fotografando o passo a passo e falo dele em outra oportunidade, assim como o risoto. Então vamos para a carne, que, como disse, tem preparo extremamente simples e muito sabor.

Risoto no prato ao lado do rosbife que levou um rápido molho de mostarda.. A receita dele vem em outra oportunidade!

Risoto no prato ao lado do rosbife que levou um rápido molho de mostarda.. A receita dele vem em outra oportunidade!

Primeiro o filé. Neste dia decidimos pagar um pouco mais caro e compramos ele já limpo, prontinho para o uso. Poupa um pouco de tempo e de trabalho. Caso você opte pela peça inteira, tire o excesso de gordura ficando apenas com o lombo em formato de rosbife.

Filé mignon limpinho e pronto para receber a crosta..  Se quiser, compre limpo.. Foi o que fiz nesse dia..

Filé mignon limpinho e pronto para receber a crosta.. Se quiser, compre limpo.. Foi o que fiz nesse dia..

Agora as ervas. Escolhi salsa, alecrim e tomilho. A quantidade de cada uma é extremamente pessoal, já que são sabores fortes. Uns podem gostar mais de alecrim, menos de tomilho… A salsa que acaba sendo a base com uma quantidade um pouco maior. Pique elas não tão fino. Neste prato é legal sentir alguns pedacinhos das ervas que ficarão tostadinhas após entrar na panela.

É importante picar bem, mas não extremamente miúdo.. É gostoso sentir a erva torradinha... Usei salsa, tomilho e alecrim..

É importante picar bem, mas não extremamente miúdo.. É gostoso sentir a erva torradinha… Usei salsa, tomilho e alecrim..

Picadas, espalhe as ervas em uma tábua com sal e pimenta. Aí é só rolar o filé por cima sempre pressionando bem para as ervas grudarem. Deixe descansar um pouco para o sabor passar para a carne.

Após picar, basta espalhar pela tábua e rolar o mignon por cima...

Após picar, basta espalhar pela tábua e rolar o mignon por cima…

Pegue uma frigideira, de preferência de ferro, e coloque azeite e manteiga. E agora é para deixar esquentar. Muito mesmo. Quando começar a sair fumaça coloque o seu filé. A ideia é apenas selar a parte de fora deixando tostadinho. Por dentro é para ficar bem malpassado mesmo. Se não quiser tão cru, sele e termine de assar no forno por alguns minutos.

Passo importante.. Após selar o mignon. é necessário deixá-lo descansando para somente depois começar a fatiar..

Passo importante.. Após selar o mignon. é necessário deixá-lo descansando para somente depois começar a fatiar..

Acabou. Mais simples impossível, não é? Aí é amolar a faca e cortar fino. É importante não cortar logo após tirar da frigideira. Deixe a carne repousando para conservar a umidade. Se quiser servir como entrada também pode. Pegue a fatia, pressione com a faca e deixe ainda mais fina transformando em carpaccio. É uma grande ideia. Neste dia, como falei, foi prato principal e caiu muito bem com o risoto e com o molho rápido de mostarda.

A panela muito quente confere essa casquinha e mantém o interior cru.. Perfeito!

A panela muito quente confere essa casquinha e mantém o interior cru.. Perfeito!

Como disse, qualquer dúvida pode me enviar por email (gastronomiaporesporte@gmail.com), ou então tirar via Twitter (@GastroEsporte). Ah! Só para lembrar, agora o Gastronomia por Esporte também está no Instagram com fotos bacanas (@GastroEsporte). Segue lá! Até a próxima!