Arquivo da tag: cerveja artesanal

3Cariocas lança novo rótulo e 2Cabeças cria o Quintal da Casa: fim de semana cervejeiro no Rio

Confesso… Comecei a escrever esse post pela manhã após o ~treino funcional~ e a cada letra a sede aumentava em proporções absurdas. Mas o ~foco~ vai me fazer segurar até o próximo fim de semana. Afinal de contas, se tem algo que eu farei tanto no sábado como no domingo é beber cerveja. São dois os eventos que trazem novidades da rapaziada criativa aqui do Rio. No sábado (27) os 3Cariocas lançam seu novo, e aguardado, rótulo na Casa Ipanema a partir das 15h. Já no domingo (28), a 2Cabeças realiza a primeira edição do Quintal da Casa, a partir das 11h, na Casa da Glória.

O lançamento dos 3Cariocas na verdade é um retorno. Trata-se da antiga Belgo Indian Strong Dark Ale, antes degustada apenas em chope. Agora ela chega em uma linda garrafa de 500 mililitros, envelhecida em barris de uísque e com o nome 3Cariocas Reserva 061114. Serão apenas 200 unidades vendidas no local ao preço de R$ 75,00. A compra dá direito a um chope da Session IPA nema ou da Saison du Leblon. Ah! Se quiser ficar só no chope ele sai por R$ 10,00.

3carocas

Para matar a fome, o pessoal da Frites estará com batatas feitas na hora e com seus deliciosos molhos. E para animar ainda mais a festa, a DJ Caca Brunetta comanda as Carrapetas. A Casa Ipanema fica na Rua Garcia D’Ávila, 77 e a farra acontece até 20h.

3cariocas

No dia seguinte é a vez dos cabeçudos Maíra Kimura e Bernardo Couto comandarem a festa na Casa da Glória entre 11h e 20h. Criado pela dupla, o evento tem clima descontraído com direito a piscina liberada. Das torneiras vertem os cinco rótulos da 2Cabeças (Caramba!, Rio de Colônia, Hi5, Funk IPA e Maracujipa), vendidos a R$ 10,00 cada. O ingresso para o evento custa R$ 20,00 e pode ser adquirido clicando aqui. Atenção: venda na hora só se sobrar ingresso.

2cabe

 

Três barracas de comida vão estar lá para não deixar ninguém de barriga vazia. O Big Head Food traz um burger clássico, um vegetariano e um cachorro quente. Já a Soul do Sul vem com coxinha de leitão e fish and chips. Por fim a glicose está nas mãos do Browniversitário com uma série de doces feitos com Hi5.

Nos esbarramos por lá com copo na mão e garrafas na bolsa. Agora dá licença que eu vou matar a sede rapidinho. Saúde!

Curtinha: conheça a Hija de Punta, cerva lançada pelo Gonzalo. Lupulada e refrescante!

Na esteira das cervejas artesanais que ganham cada vez mais espaço pelas casas da cidade, o Gonzalo, casa de carnes uruguaias que você já conheceu aqui, resolveu lançar a sua marca. A missão foi dada ao mestre cervejeiro Leonardo Rangel e assim nasceu a Hija de Punta, que é produzida na Mistura Clássica, em Volta Redonda. Na última quinta-feira dia 12, o rótulo foi lançado no Brewteco, bar de cervejas recém inaugurado na Dias Ferreira e no qual pretendo voltar com calma.

20131212_201539

A novidade se mostrou um acerto antes mesmo de abrir a garrafa. O rótulo é criativo e tem a cara do verão Rio de Janeiro, apesar de remeter a Punta del Leste em função do conceito uruguaio dos criados. No sabor outra surpresa extremamente agradável. No nariz, esta Lager mostra uma sucessão de aromas principalmente cítricos com notas claras de maracujá além de ser bem lupulada. Na boca muita refrescância. Em certos momentos você pensa estar bebendo uma cerveja com teor alcoólico alto, mas a Hija tem apenas 4,8%. Tiro certo.

Quem quiser conferir, a novidade entra no cardápio do Gonzalo na próxima terça-feira, dia 17. A long neck será vendida por R$ 16. Outras casas, como o próprio Brewteco, também devem receber remessas do rótulo. Assim que souber a relação completa coloco lá na página do Facebook, Saúde!

Antiga Mercearia e Bar.. Uma grande novidade na Cobal do Humaitá, seja para compras ou para sentar e curtir!

Gosto muito da Cobal do Humaitá. É perto da minha casa e conta com dois lugares que curto ir: Puebla e Joaquina (que inacreditavelmente nunca falei por aqui). Mas recentemente uma novidade conquistou um lugar cativo entre os meus preferidos: Antiga Mercearia e Bar. Uma sacada genial, na verdade.

Durante todo o dia é uma mercearia que vende os mais variados produtos. Por lá você encontra geleias, massas, artigos importados, molhos e por aí vai. Além disso, no varejo você compra temperos, biscoitos doces, salgados, e até milho gigante do Peru, um espetáculo junto de um ceviche. E, é claro, o carro chefe: cervejas! As marcas são muitas e a ênfase fica nas nacionais. Bebe-se ali ou em casa.

20131013_153217 20130711_162753

Mas a casa, extremamente bem decorada e que chama atenção de quem está no corredor que liga o lado da Voluntários com o da São Clemente, conta ainda com uma cozinha afiada. O cardápio de petiscos é enxuto, fazendo com que tudo esteja bem feito. São bolinhos, espetinhos, alguns pratinhos que chegam em uma marmitinha e também algumas porções.

20130930_121857

Estive por lá em várias oportunidades, o que me fez provar muita coisa diferente. Enquanto ninguém se decide, desce logo um chope e uma azeitoninha comprada a granel. São cinco torneiras sendo que duas são fixas com os artesanais que levam o nome da casa. São três tamanhos diferentes do Antiga Pilsen ou do Antiga Weiss. O primeiro é servido em um copinho de geleia personalizado. Alguns podem estranhar, mas achei criativo e diferente. Já o segundo vem no tradicional copo de trigo. Ambos muito gostosos.

20130802_211526 20130711_154923

Comecei com o bolinho de feijoada (R$ 4,90). Não é o do Aconchego, é claro. Mas de todos que estão cada vez mais presentes nos cardápios pela cidade, este fez frente ao original. Casquinha saborosa, muito bem recheado com couve e linguiça. Um acerto.

20130711_155709

O croquete vem com propaganda no cardápio (R$ 4,80). Gostoso, mas não inesquecível. Ligeiramente mais adocicado que o do Alemão, por exemplo, mas casou bem com a mostarda escura.

20130711_160623

Em seguida o Bolinho de Bacalhau (R$ 4,80). Todos sabem como sou viciado (lembram do circuito Cadeg?) e este estava realmente bem gostoso.

20130711_162512

Pedi ainda dois bolinhos de aipim. O primeiro com catupiry e o segundo recheado com carne seca (R$ 4,50 cada). Chamou atenção em ambos a qualidade da massa: bem leve e saborosa. O primeiro é simples, para quem gosta de catupiry mesmo. O segundo tinha um recheio bem temperado, com cebola e salsa.

20130719_183624 20130719_182326

Saindo das frituras, o espetinho de filé mignon veio no ponto certo de sabor e maciez (R$ 14,90). A farofinha que acompanhou estava saborosa.

20130802_212838

Já no campo dos petiscos, o pão de alho gratinado poderia ter ficado um tantinho a mais no forno, mas tem potencial (R$ 9,90). Só não peça caso você esteja em um encontro romântico.

20130802_222448_LLS

A última pedida foi a porção dos canapés de filé a milanesa (R$ 27,90). A combinação original do Astor é tiro certo. Torradas, queijo e um quadrado do milanesa. Sinceramente é muito difícil fazer isso dar errado.

20130802_230228_LLS

Como disse, gostei da novidade. E o público do Rio também, já que o movimento da casa tem estado cada vez maior. E acho merecido. Ideias criativas e bem executadas merecem ser premiadas. O atendimento, confuso no início, o que é perfeitamente normal, tem estado cada vez mais azeitado. Corrigido isso, a promissora casa tem tudo para ter uma vida longa, seja tomando algo por lá ou simplesmente passando para umas compras rápidas.

Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá.

Antiga Mercearia e Bar
Cobal do Humaitá – Rua Voluntários da Pátria, 446 – loja 7, Humaitá, Rio de Janeiro – RJ
(21) 2226-6553
Domingo a quinta, das 9h à meia-noite. Sexta e sábado, das 9h às 3h.