Arquivo da tag: Carne Moída

Dica rápida para turbinar a carne moída que sobrou do dia anterior: um ovo e a alegria da gema escorrendo!

Estive um pouco afastado dos fogões nas últimas semanas. Até mesmo nas folgas, quando costumo abrir uma garrafa, separar alguns ingredientes e me debruçar diante de novas experimentações, não parei e me dediquei a esta forma de terapia. Mas no dia a dia sempre procuro dar um levante em comidas simples. E esta não é nem uma receita, mas sim uma dica.

20131018_124702

Não preciso repetir aqui como gosto de ovo e de carne moída. Então por que não juntar os dois? A receita do Boi Ralado você relembra aqui. Então o que você precisa agora é uma frigideira pequena, o que sobrou da sua carne do dia anterior e um belo ovo.

Posicione a carne na frigideira. Se por acaso ela ficou mais seca (por favor sigam a receita e façam a carne moída molhadinha sempre!!!), coloque um pinguinho de água, caldo de carne ou até molho de tomate. O objetivo é fazer um vapor para cozinhar o ovo. Espalhou, com uma colher faça buracos quase deixando o fundo da frigideira aparecer. Aí vão entrar os ovos. Se for colocar três ovos, faça três buracos e por aí vai.

20131018_123807 20131018_123920

Acabou. Não há mais mistério. Ligue o fogo no mínimo e tampe a frigideira. O tempo vai depender de como você gosta do seu ovo. Costumo deixar por cinco minutos, para a gema ficar bem molinha. Quando você a explode, ela se mistura na carne moída molhadinha formando um molho espetacular. Ao lado de uma boa salada fresca é algo absurdo. Mas o tempo pode variar também em função do seu fogão. Basta ficar de olho e ver o ponto!

20131018_123952 20131018_124911

Este é o mesmo princípio de uma outra receita que já coloquei aqui, o Popeye à Mineira. Uma maravilha também. Então repitam e depois é só me dizer como ficou. E até a próxima! Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!

Carne moída, Boi Ralado.. Receita antiga da Terezinha neste clássico da comfort food!

Poucas comidas básicas do dia a dia são tão gostosas como uma boa carne moída. Bem feita e bem temperada, serve como complemento perfeito para qualquer coisa: arroz, salada, um macarrão na manteiga… Então a receita de hoje é esse clássico da simplicidade. E fiz ao lado da Terezinha de Jesus, fiel escudeira aqui de casa que faz desta maneira que eu repasso aqui há muitos anos.

20130730_123933

Então vamos aos ingredientes. Aqui uma ressalva: as quantidades são grandes porque quando fazemos deixamos congelada em vários potinhos. Ou seja, vocês podem seguir a dica ao pé da letra e colocar no freezer o que não for consumido ou reduzir proporcionalmente as quantidades. Usamos 2 quilos de patinho moído, três cebolas grandes picadas, uma cabeça de alho inteira picada, dois cubos de caldo de carne, um molho de salsa picado, três folhas de louro, duas latas de tomate pelado, uma cenoura ralada, azeite, sal e pimenta do reino.

20130730_115932

Comece refogando em azeite o alho, a cebola e, aqui vai uma dica, os talos da salsa picados. Por isso esse tom esverdeado do refogado. Assim que ficar douradinho entre com a cenoura ralada.

20130730_120948 20130730_122226

Refogou bem, entre com a carne. E aqui vai a dica fundamental. Coloque a carne aos poucos e sempre separando bem para não ficar grandes pedaços. Se você colocar tudo de cara a carne vai soltar muita água e não vai fritar, deixando aquela textura péssima de carne moída cozida. Então coloque um pouco, deixa pegar cor, abre um espaço e vá colocando o resto até o fim do processo.

20130730_122511 20130730_122609

Colocou tudo? Chegou a hora do caldo de carne. Faça um vulcãozinho no meio da panela e coloque os cubos lá. A própria água da carne vai ajudar a dissolvê-los. Misturou bem entre com os tomates pelados e a salsa picada. Refogue mais alguns minutos e pronto! Um prato caseiro e clássico simplesmente perfeito!

20130730_123114 20130730_123434

Dúvidas ou considerações é só deixar no comentário ou mandar via Twitter ou Instagram (@GastroEsporte), ou melhor ainda, vai lá na página do Facebook e escreve por lá! Beijos e abraços em todos!