Arquivo da tag: Bacon

Arroz de lentilhas: receita da Dona Cavalierona para trazer sorte o ano todo e não só no réveillon!

Arroz de Lentilhas. Normalmente esse prato espetacular é consumido em duas ocasiões: quando você vai a um restaurante árabe ou no ano novo, afinal de contas reza a lenda que traz sorte e dinheiro (é isso mesmo?). Mas por que isso acontece se é algo tão gostoso? E digo mais, tão simples de fazer. E é por isso que vou compartilhar aqui a receita da Dona Cavalierona que, na minha visão, supera a da grande Carmen, cozinheira do amigo índio Li. A minha comadre Nanda e senhora Li, do Pimenta e Limão, não concorda. Mas cada um com o voto da própria casa né?

Vamos em frente então. Você vai precisar de:

500g de lentilha
1 cebola partida ao meio
1 calabresa
1 pedaço de bacon
Sal
1,7 l de água
400g de arroz branco já cozido

Para a cebola crocante:
1,5kg de cebolas em rodela
1l de óleo para fritar

O arroz já vai estar pronto. Basta fazer do seu jeito. Então vamos para a lentilha. Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo alto para ferver. Assim que isso acontecer, baixe o fogo até o grão cozinhar. Esse proceso dura mais ou menos 20 minutos. O objetivo é ficar al dente.

20140120_133804 20140120_140922

Durante esse tempo, é uma boa hora para a parte mais cruel da receita: cortar em rodelas 1,5 quilo de cebola. Não adianta, você vai chorar. Mas enquanto rolam as lágrimas (ninguém disse que ser cozinheiro é fácil), foque no objetivo final. Aquela cebolinha queimada por cima do arroz é o segredo do sucesso.

20140120_140017

Feito isso, voltemos à lentilha que a este ponto já está cozida. Descarte a cebola e corte em pedaços a calabresa e o bacon. Agora é simples: basta misturar a lentilha e o arroz. Se você achar que ficou muito líquido, não coloque tudo. A ideia é deixá-lo molhadinho, mas não ensopado. Cubra com papel alumínio e mantenha aquecido em forno bem baixinho enquanto vamos para a cebola.

20140120_145240 20140120_145406 20140120_145826

Aqui o trabalho é braçal mesmo. Em uma frigideira funda e larga, esquente muito bem o óleo e vá aos poucos fritando a cebola previamente fatiada. Tome cuidado que por ter água, a cebola costuma fazer o olho borbulhar muito. E ninguém quer uma queimadura. Quando começar a ficar bem pretinha, tire e escorra bem. Nada mais.

20140120_151034 20140120_154821

Jogue por cima do arroz aquecido e está pronto. Sirva com o que você quiser. Neste dia, foi ao lado de um cordeiro assado que no fim da semana eu vou ensinar para vocês aqui. É comer e boa sorte, afinal de contas, as simpatias devem servir para todos os dias do ano!

20140120_221118

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)! Até a próxima!

Anúncios

Z Deli Sanduíches: hambúrgueres de respeito com um inusitado e genial bacon bovino feito de língua. Vale a visita em São Paulo!

São Paulo é sempre uma grande diversão para quem gosta de comer e beber. E há tempos eu lia sobre os sanduíches estilo déli e hambúrgueres do Z Deli. E não poderia deixar de conferir na minha última investida pela pauliceia. A surpresa foi extremamente positiva e teve direito ainda a uma curiosidade. Os sócios da casa são judeus e por isso não servem bacon – o que acaba sendo uma contradição, já que a religião também não permite também a mistura de carnes com laticínios e isso eles fazem muito bem. Para amenizar os amantes do porco, eles criaram um bacon bovino feito de língua. É isso aí!

Mas antes de chegar lá, é preciso certa paciência já que o lugar é bem pequeno e concorrido. O negócio é arrumar um espacinho na mesa da calçada e pedir uma entradinha para abrir os trabalhos com uma Brooklyn East India Pale Ale (R$ 12 a long neck).

20131116_133135 20131116_134558

No nosso caso optamos por uma sugestão da semana que na minha opinião deveria ficar fixa por lá. Batatas fritas cobertas por sour cream, yellow cheese (um jeito chique de chamar o cheddar cremoso), cebolinha e lascas de pastrami frito (R$ 18). Delicioso o contraste de sabores. E as batatas, elas de verdade, estavam muito bem feitas (foto acima).

Mas vamos aos hambúrgueres. Primeiro o Jalapeños (R$ 28). A carne, um blend moído na própria cozinha, veio no ponto perfeito – obviamente mal passado -, com uma mistura de pimentas e um naco de gorgonzola. Impecável, mas recomendado para quem gosta de sanduíches picantes.

20131116_135732

O Louis Burguer veio com a carne no mesmo ponto, queijo palmira, cebola roxa caramelizada e o espetacular bacon bovino (R$ 26). Aqui a dica: o bacon deve ser pedido como adicional e ele não é cobrado a mais por isso. Crocante, salgadinho, defumado… Uma loucura aquela criação que nem me fez sentir saudades do porco.

20131116_135748

No fim, ainda arrumamos espaço para um cheesecake com calda de frutas vermelhas que era uma pornografia de tão bonito e de tão gostoso (R$ 16). Esqueça aquele gosto artificial tanto no bolo como na calda. Aqui a parada é séria. Tudo muito equilibrado.

20131116_141900

Agora preciso de uma nova investida por lá. Afinal de contas, a casa tem Deli no nome e eu não provei o sanduba de pastrami, o rosbife e o salmão defumado. Mas confesso que essa missão não será nem um pouco complicada de cumprir. Até a próxima.

Z Deli Sanduíches

Rua Haddock Lobo, 1386 – Cerqueira César – São Paulo (SP), (11) – 3083-0021
Segunda a quinta – 12h à 0h, sexta e sábado de 12 à 1h, domingo 12h às 23h.

Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)!