Pimenta caseira: saborosa, picante e mole mole de fazer!

Em botequins, restaurantes, letras de sambas… A boa e velha pimenta é figurinha carimbada em qualquer lugar. Com seus óleos e aromas, tempera e esquenta qualquer prato, dando, em alguns casos, a boa e velha suadeira. Então, com as dicas preciosas do amigo Leandro do Bar Da Gema, do qual nem preciso lembra que sou fã incondicional, fui ao Cadeg em busca das pequenas notáveis e fiz a minha pimentinha caseira.

20140510_114959

A receita rendeu um vidro, mas você pode fazer nas quantidades que quiser. O importante é seguir os passos direitinho para extrair das pimentas tudo o que você quer!

40 gramas de pimenta malagueta – verde, vermelha, laranja…
2 dedos de moça
1 cebola pequena em fatias
4 dentes de alho em fatias
2 folhas de louro
1 ramo pequeno de alecrim (opcional)
200 ml de azeite (usei o Azal, da importadora Allfood que é uma beleza)

20140510_110623

Em fogo baixo, refogue a cebola e o alho. O objetivo é apenas amolecê-los. Não queremos dourar nada, por isso atenção o tempo todo. Depois de aguns minutos, entre com as pimentas sem os cabinhos, o louro e o alecrim. A dedo de moça, em função do tamanho, cortei em três, mas sem tirar as sementes. Afinal de contas, estamos falando de pimenta!!!

20140510_111553 20140510_112119

Refogue por mais alguns minutos espremendo as pimentas com sua colher de pau. Vá ativando seus poderes e liberando seus aromas. Feito isso, cubra com o azeite, coloque o fogo no mínimo e deixa ela confitar por mais ou menos dez minutos. Ameaçou borbulhar, tire do fogo. Esfriou? Volte.

20140510_112458

Prontinho. Deixe esfriar completamente e coloque em um pote de vidro esterilizado. Nos primeiros dias você terá apenas um azeite aromatizado com uma picância bem leve. Resista à tentação e espere uma semana. Aí sim a brincadeira vai começar a ficar séria. E se você achar que ficou forte demais, basta colocar mais um pouco de azeite e ir equilibrando da maneira que achar melhor. Mas, como diz o mestre João Nogueira, bom mesmo é quando arde e faz chorar a pimenta no vatapá – mas aqui de preferência

20140510_114959

Obs: Fiz essa pimenta há duas semanas. Agora ela está no nível ideal, picante, mas saborsa demais! Mais informações sempre na página do Facebook, E no Instagram (@GastroEsporte)!

Anúncios

11 ideias sobre “Pimenta caseira: saborosa, picante e mole mole de fazer!

  1. Michele Souza

    Acabei de fazer, a menos de 3 horas … provei …. ainda esta morninha … e pra mim que adorooo pimenta quanto mais ardida melhor já tem a leve picancia , mas pro meu marido que não come pimenta já esta forte 🙂 mal posso esperar por essa semana …. ansiosa !!!! Obrigada !!!!!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s