Eñe: muitos percalços que abafaram os acertos do menu degustação (também com erros)..

Valentines Day… Uma grande palhaçada qualquer um citar essa data por aqui. Mas por uma coincidência, eu e Luninha marcamos um jantar no Eñe justamente na última quinta-feira. Não era comemoração de nada, era simplesmente a data limite para reservas do cupom de um destes sites de compra coletiva. Pagamos a metade do valor de R$ 170 cobrado pelo menu degustação de oito pratos. A comida no geral foi bem agradável, com um ou outro percalço. Mas a noite acabou marcada por muitos poréns. Esta foi minha terceira vez na casa e, sinceramente, não sei se me esforço para voltar. E digo mais, se tivesse pago o valor integral a irritação seria muito maior.

O lugar é bonito e bem decorado. Tudo muito austero e com cores neutras. O bar dá um toque legal, assim como a coluna vermelha feita com rosas artificiais para dar um tom mais intenso. A cozinha toda envidraçada é sempre algo que me instiga. Fico curtindo a movimentação e acompanhando o funcionamento.

Decoração sóbria e um belo bar.. A cor vem de uma pilastra decorada com falsas rosas.. Tudo bem bonito..

Decoração sóbria e um belo bar.. A cor vem de uma pilastra decorada com falsas rosas.. Tudo bem bonito..

Com uma grande janela de vidro, a cozinha fica aberta para o salão e é possível acompanhar todo o trabalho..

Com uma grande janela de vidro, a cozinha fica aberta para o salão e é possível acompanhar todo o trabalho..

A noite prometia, mas assim que sentamos veio a primeira irritação. Escolhida a nossa cava, um Don Brut Rosado (R$ 79), pedimos uma água. Foi oferecida a norueguesa Voss e a francesa Badoit. Legal, mas pedi a nacional. Eis que o atencioso garçom nos informa que a casa temporariamente não está trabalhando mais com águas brasileiras. Disse que isso se deu com a chegada de um novo gerente, que não estava presente na casa, e que não havia previsão para voltarem a servir. Absurda a situação, ainda mais em um país com águas tão boas como as nossas. Beber Voss, Evian, Perier, Aqua Panna ou qualquer outra deve ser opção e não imposição. No fim das contas lá se foram R$ 15 por 500ml da norueguesa que, pasmem, não é servida mais na garrafa de vidro.

A polêmica água norueguesa imposta pela casa.. Ao lado a Cava rosada Don Román Brut...

A polêmica água norueguesa imposta pela casa.. Ao lado a Cava rosada Don Román Brut…

Passada a irritação, o jantar começou. Para abrir um leve e fresco gazpacho com croutons tão pequeninos que aparentemente lembravam alho picado. Bem gostoso.

O Gazpacho estava bem fresco e saboroso... Abriu bem o jantar..

O Gazpacho estava bem fresco e saboroso… Abriu bem o jantar..

Mal terminamos a última colherada e imediatamente veio a segunda entrada fria: pimenta piquillo recheada de brandade (ou creme) de bacalhau. Muito gostoso. A pimenta docinha contrastou bem com o bacalhau salgadinho. E por cima ainda veio flor de sal para melhorar a textura.

Segunda entrada fria: Pimenta piquillo.. Aí cortada para mostrar a brandade de bacalhau..

Segunda entrada fria: Pimenta piquillo.. Aí cortada para mostrar a brandade de bacalhau..

Novamente colocamos o garfo no prato e já entraram as batatas bravas. Bem gostosas, crocantes por fora, macias por dentro e com o aioli picante na medida.

As batatas bravas com um delicioso aioli picante... Estavam no ponto certo..

As batatas bravas com um delicioso aioli picante… Estavam no ponto certo..

Mas no meio do prato precisei chamar o garçom e pedir para eles não acelerarem tanto o serviço. Foram três pratos em vinte minutos. Mal deu tempo de pensar. E de lembrar que os pães da casa com flor de sal e azeite não tinham sido servidos. Não pode ser tão rápido assim! Feito o pedido, escolhi a correta focaccia e o maravilhoso pão de cebola levemente adocicado.

A casa oferece para acompanhar quatro tipos de pães.. Provei a focaccia bem leve e o pão de cebola delicioso!

A casa oferece para acompanhar quatro tipos de pães.. Provei a focaccia bem leve e o pão de cebola delicioso!

Como disse, tudo estava tão rápido que foi somente na pausa que percebemos um barulho insuportável que vinha do lado da cozinha. Segundo o garçom, tratava-se de um problema na pressão da máquina de gelo. Na boa, isso precisa ser consertado o mais rapidamente possível. Mudamos de mesa para uma mais afastada e nem isso amenizou. Como não tinha jeito, segue o jantar se concentrando para abstrair a situação incômoda.

A segunda entrada quente foi a maior decepção da noite. Duas croquetas de jamón que estavam extremamente pesadas e pouco crocantes. A massa densa também peco em sabor e nem mesmo o presunto conferiu um toque especial. Aqui no Rio, por exemplo, as do Entretapas e do Venga são muito melhores. Uma pena.

A decepção da noite.. Massa pesada e pouca crocância.. Ponto baixo da noite..

A decepção da noite.. Massa pesada e pouca crocância.. Ponto baixo da noite..

O primeiro prato foi um filé de pargo sobre purê de mandioquinha. A pele estava crocante, o purê com bela textura e sabor, mas o peixe poderia estar um pouquinho menos cozido. Nada que estragasse o prato, mas foi o único porém.

O pargo tinha a pele crocante e o purê de mandioquinha estava leve... Mas achei o peixe muito cozido..

O pargo tinha a pele crocante e o purê de mandioquinha estava leve… Mas achei o peixe muito cozido..

O segundo foi um bife ancho com mix de cogumelos. O ponto para mim veio perfeito: bem mal passado. A Luna não curtiu tanto. Por isso vem meu questionamento: antes de servir um prato de carne é sempre necessário perguntar o ponto. Ninguém é obrigado a gostar de carne mal passada (apesar de eu achar que tem de ser!!!). Voltando ao prato, a carne estava macia (provavelmente foi cozida a vácuo em baixa temperatura), saborosa e os cogumelos muito bem cozidos.

Bife ancho com mix de cogumelos.. Tudo bem gostoso.. O ponto veio do jeito que eu gosto..

Bife ancho com mix de cogumelos.. Tudo bem gostoso.. O ponto veio do jeito que eu gosto..

A pré-sobremesa foi perfeita. Um sorvete leve e saboroso de figo com amêndoas. Perfeito para fazer a transição entre salgado e doce. Um dos pontos altos da noite.

A pré-sobremesa foi um levíssimo sorvete de figo com amêndoas... Delicioso e bem fresquinho..

A pré-sobremesa foi um levíssimo sorvete de figo com amêndoas… Delicioso e bem fresquinho..

Já a sobremesa propriamente dita acabou decepcionando. A crema catalana estava saborosa, tinha a casquinha queimadinha e um sabor cítrico lá no fundo. Mas estava em temperatura ambiente, o que para mim é um pecado. Esperava o creme gelado. Uma pena novamente.

O outro ponto baixo da noite.. Crema catalana saborosa, mas estava quase em temperatura ambiente...

O outro ponto baixo da noite.. Crema catalana saborosa, mas estava quase em temperatura ambiente…

Fim do jantar e, apesar dos acertos na cozinha – que superaram os erros -, os demais percalços deixaram um sentimento de frustração. Volto a dizer: sairia muito, mas muito irritado se tivesse pago o valor integral. A noite não valeu. E nas demais vezes em que lá estive nunca saí plenamente satisfeito. Acho uma pena, ainda mais sabendo que a orientação e desenvolvimento da casa é feita pelos irmãos Torres, com carreiras brilhantes na Espanha. Fica uma sensação de que a casa aqui no Rio nunca decolou. E, na minha opinião, se não acertarem um ou outro detalhe, vai seguir sem decolar. Potencial a gente vê que tem. Falta um carinho maior apesar do esforço da cozinha.

Mais informações sempre no Twitter e no Instagram (@GastroEsporte). Até a próxima! Beijos em todos!

Eñe Restaurante

– Avenida Prefeito Mendes de Moraes, 222 – Hotel Royal Tulip, São Conrado, Rio de Janeiro – RJ – (21) 3322-6561 Espanhol
Horário – terça a quinta: das 19h à meia-noite; sexta, das 13h às 16h e das 20h à 1h; sábado, das 13h às 17h e das 20h à 1h; domingo, das 13h às 23h

Anúncios

Uma ideia sobre “Eñe: muitos percalços que abafaram os acertos do menu degustação (também com erros)..

  1. Luna

    Você ainda foi legal e amenizou. Quando fomos perguntar do barulho, o garçom ou quem quer que fosse simplesmente saiu andando enquanto a gente falava. Quando pedimos pra vir mais devagar, o prato seguinte levou horas pra chegar, parecia até de sacanagem…saiu caro demais para o que foi…

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s